Blockchain pode criar grande crise, afirma Mark Mobius

4s Comentários

A próxima grande crise mundial é quase um consenso entre os economistas. Muitos divergem de sua data, mas não há como negar que ela chegará. Observando o cenário de pré crise, o que muitos no mercado de criptomoedas querem ver é como elas irão performar.

A última grande crise mundial foi em 2008 quando ainda não existia o Bitcoin. Sua performance em uma emergência é uma incógnita e muito divergente entre os economistas.

Que o Bitcoin é uma boa reserva de valor, um ativo de refúgio ou o ouro 2.0 é algo que muitos fãs da criptomoeda gostam de ouvir. Contudo, muitos parecem discordar dessa afirmativa.

Mark Mobius, o principal investidor e parceiro fundador da Mobius Capital Partners é um exemplo dos céticos. Embora com algumas ressalvas, Mobius ainda é pessimista em relação às criptomoedas.

O investidor falou com o The Squawk Box da CNBC sobre mercados emergentes e classes de ativos de refúgio. Ao falar sobre as criptomoedas o investidor afirmou que como o fiat, elas são apoiadas pela fé do usuário. Elas só têm utilidade na medida que outros as aceitem.

“Há toda uma geração de pessoas que confiam na internet. Eles têm fé nesses criptomoedas. Isso é tudo o que preciso. As pessoas acreditam no dólar dos EUA porque acreditam que, com dólares nas mãos, podem comprar alguma coisa. ”

Mobius mostrou que ainda vê o ouro como o verdadeiro porto seguro ao dizer que uma criptomoeda apoiada pelo metal seria interessante. Como o ouro é um metal extraído da própria terra e não pode ser hackeado, uma criptomoeda apoiada por ele dará mais tranquilidade aos investidores.

“Se houver uma criptomoeda realmente apoiada em ouro e houver um acordo significativo e algum tipo de conexão moderna, isso pode ser bastante interessante”.

O investidor também demonstrou ceticismo com a tecnologia blockchain. Embora Mobius não diga a qual blockchain se refere, ele levantou preocupações sobre muitos dizerem que a tecnologia não pode ser invadida.

“Muitas pessoas dizem, ‘blockchain não pode ser invadido’. Não. Pode ser. Qualquer coisa criada pelo homem pode ser invadida. E isso pode criar uma grande crise”.

A invasão na rede de criptomoedas é algo que preocupa muito os investidores.  Ethereum Classic, Verge e Bitcoin Gold são exemplos de criptoativos que sofreram o ataque de 51%. Mesmo que esses ataques sejam constantes e que os usuários de Bitcoin não precisem se preocupar no momento, permanece a dúvida: O Bitcoin sobreviverá a computação quântica?

 

Veja também: O primeiro jogo de pôquer com Bitcoin – A história do Bitcoin parte 14

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.