Blockchain na prática: 47 bancos japoneses transferiram dinheiro em tempo real utilizando a Ripple

0 Comentários

A está entrando em fase de produção, alega o CEO da Ripple, Brad Garlinghouse, depois que um consórcio de 47 japoneses completarem uma implementação piloto da tecnologia da .

Anunciado há 2 dias pela SBI Ripple Asia, uma empresa de propriedade conjunta entre a fintech Ripple e a empresa de serviços financeiros japonesa SBI Holdings, o piloto bem sucedido usou uma plataforma RC Cloud de pagamentos da Ripple, para permitir transferências de dinheiro doméstico e internacional em tempo real.

O projeto piloto analisou a infraestrutura de nuvem RC baseada em blockchain durante a implementação, avaliando a aderência à regulamentação, os riscos operacionais, a padronização entre os bancos e as interfaces usadas para se conectar aos sistemas de contabilidade dos bancos.

SBI Ripple

Fundada no início de 2016, a SBI Ripple é detida em maioria (60%) pelo SBI Group, enquanto a Ripple detém 40% das ações da empresa. O SBI verá uma redução de custo de 60% com remessas internacionais utilizando o token XRP da Ripple. Usando o blockchain e o token do Ripple, a remessa vai custar 8,3 bps (pontos base) em comparação com os 20,9 bps em relação ao montante de liquidação através do sistema de fio atual. O custo da remessa para a moeda fiduciária usando o blockchain da Ripple será reduzido em um terço, comparado aos custos convencionais.

Leia também  Blockchain wallet faz parceria com exchange indiana de bitcoins

Com custos significativamente baixos e transferências instantâneas em comparação com a configuração tradicional de transferência eletrônica, o programa piloto pode ser significativo no . O consórcio vê mais de um terço de todos os bancos japoneses como membros e uma implantação comercial resultará na primeira implementação generalizada da tecnologia blockchain no setor bancário comercial de um país.

Adoção de Bancos

O consórcio reuniu-se em novembro de 2016, com SBI Holdings e subsidiária SBI Ripple Ásia colaborando para liderar o grupo de trabalho. Lançado com 42 bancos membros, os bancos digitais e de internet juntaram-se às instituições financeiras regionais como parte do consórcio, num esforço para consolidar os serviços de câmbio interno e externo com uma plataforma comum ou blockchain. Apropriadamente, o grupo de trabalho foi intitulado “The Japan Bank Consortium to Central Provide Domestic and Cross-Border Payment” ou “O Consórcio Central de Bancos Japoneses para promover pagamentos domésticos e transfronteiriços”.

Leia também  Banco do Canadá: as moedas digitais precisam de regulação para terem sucesso

Ripple CEO Brad Garlinghouse afirmou:

“Não é difícil de encontrar consórcios nesta indústria, mas o que torna isto significativo é que estes principais bancos japoneses estão focados em um caso de uso claro e em mover a blockchain para produção. Este é um exemplo concreto de que a nossa solução já está transformando a forma como o dinheiro é enviado ao redor do mundo.”

As tentativas da Ripple de facilitar os pagamentos interbancários globais sobre sua blockchain são mais sublinhadas no lançamento do Grupo de Controle Global de Pagamentos. Formado em setembro de 2016 com seis membros fundadores de bancos em vários continentes, incluindo o Bank of America, e ANZ, o grupo planeja a criação e manutenção de regras de transação da Ripple, formalizando os padrões sobre o blockchain da Ripple.

Leia também  Waves: Blockchain, DLT e Smart Contracts

Mais recentemente, o maior banco de Abu Dhabi, lançou pagamentos transfronteiriços em tempo real usando o blockchain da Ripple para beneficiar clientes no serviço de remessas Ásia-Oriente Médio. O indiano privado Axis, o terceiro maior banco privado do país, também começará a usar a tecnologia da Ripple para pagamentos transfronteiriços após um piloto bem-sucedido.

É certo afirmar que dentro de alguns anos será possível transferir dinheiro de um país para outro sem burocracia, graças a tecnologias como Blockchain e Criptomoedas.

Via: Cryptocoinsnews
Tradução: Guia do Bitcoin


Siga nosso canal no Telegram e não perca uma notícia sobre Bitcoin: telegram.me/guiadobitcoin

Aviso de risco: Investir em moedas digitais, ações, títulos e outros valores, mercadorias, divisas e outros produtos de investimento derivado (por exemplo, contratos por diferença, "CFD") é especulativo e representa um nível elevado de risco. Cada investimento é único e envolve riscos únicos. Os CFD e outros derivados são instrumentos complexos e têm um risco elevado de perda rápida de dinheiro devido a alavancagem. Deverá ponderar se compreende como o investimento funciona e se consegue suportar o risco elevado de perda do seu dinheiro. As criptomoedas podem ter preços flutuantes e, por isso, não são adequados a todos os investidores. A negociação de criptomoedas não é supervisionada por qualquer enquadramento regulador da UE. O desempenho anterior não garante os resultados futuros. Qualquer histórico de negociação apresentado tem menos de 5 anos e, exceto quando indicado, não é suficiente como base de decisões de investimento. O seu capital está em risco. Quando negoceia em ações, o seu capital está em risco. O desempenho anterior não é um indicativo fiável de resultados futuros. O histórico de negociação apresentado tem menos de 5 anos e, exceto quando indicado, não é suficiente como base de decisões de investimento. Os preços podem tanto subir como descer, os preços podem flutuar bastante, pode estar exposto a flutuações de taxa de câmbio e pode perder todo ou mais capital do que o que investiu. O investimento não é adequado para todos, certifique-se de que compreendeu totalmente os riscos e legalidades envolvidas. Se não tiver a certeza, procure aconselhamento financeiro, legal, fiscal e/ou contabilístico. Este website não oferece aconselhamento financeiro, legal, fiscal ou contabilístico. Alguns links são links afiliados. Para mais informação, leia o nosso aviso e declaração de risco completo.