Blockchain: gerenciamento de posse

0 Comentários

Daniel Drescher em seu livro “Blockchain básico: uma introdução não técnica em 25 passos”, p. 51, diz que o gerenciamento de possa é o caso mais relevante de aplicação da tecnologia da Blockchain. Ele postula que há uma forte relação entre a confiança e integridade em sistemas distribuídos com o gerenciamento de posse. A Blockchain só pode oferecer esse gerenciamento por causa de seu revolucionário sistema de confiança e integridade em sistemas descentralizados, a partir dessa confiança há a possibilidade de se atestar que algo pertence a alguém dentro da rede. Geralmente esse “algo” é um ativo digital criptografado, ou seja, uma criptomoeda, mas há outras aplicações possíveis a serem exploradas também.

O fato mais importante da constatação acima tem que ver com a centralidade do conceito de “posse” como fundamento básico da existência da blockchain. Já falamos da relação entre liberdade civil, propriedade privada e as criptomoedas caso queira saber mais.

Gerenciamento de posse implica posse

Em grande medida, a blockchain é uma grande planilha que registra tudo que pertence a todos. Tudo que guarda pertinência ao blockchain específico a respeito do qual estamos falando. Geralmente se trata do ativo nativo da rede blockchain específica. Por exemplo, a rede do Bitcoin gira em torno unicamente dos  registros de posse dos bitcoins e não de qualquer outra coisa. As altcoins são blockchains que se preocupam com o registro de posse de cada um de seus ativos.

Fazemos o que queremos com aquilo que temos

A posse de ativos digitais dá ao seu possuidor a liberdade de dispor de suas posses de acordo com sua vontade, resguardando-se unicamente os limites do que é possível e do que é lícito, no ideal. Pensando num contexto de um uso legítimo da tecnologia da blockchain, temos acesso a uma forma de escrever e gerenciar certificados de posse de ativos nativos, e também de posse de outro tipo de coisa no futuro. É dessas características que surgem as possibilidades de disrupção de serviços notariais, por exemplo.

Fundamentos da posse e mapeamento das transações

A posse, em uma blockchain, está baseada em alguns fundamentos:

1- A identificação do proprietário

2- A identificação do objeto possuído

3- O mapeamento da relação entre proprietário e objeto

Toda transferência de posse precisa estar atualizado pois nenhum registro desatualizado de posse pode ser confiado por ninguém.

Blockchain

A Blockchain é um grande registro de posse e transferência de posse. Sua natureza descentralizada confere segurança e transparência para todo o sistema e é por isso que essa tecnologia tem tanto potencial de trazer a humanidade para uma nova relação entre seus membros e as coisas que são posse de cada um. A maior liberdade financeira surge de um paradigma assim é quase que uma consequência natural de uma forma mais eficiente de gerenciar o que pertence a quem.

Ezequiel Gomes

Guia do Bitcoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: http://guiadobitcoin.com.br/feed/

Escreva um comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.