Blockchain: arquitetura de software distribuída

0 Comentários

No livro “Blockchain básico: uma introdução não técnica em 25 passos“, p. 31, Daniel Drescher diz que a arquitetura de um sistema de software determina como seus componentes estão organizados e como se relacionam. A ideia é que arquiteturas de software centralizadas e distribuídas devem ser vistas como “opostos”. Um sistema distribuído/descentralizado é composto de uma série de computadores independentes que cooperam uns com os outros usando um meio de comunicação a fim de atingir um objetivo específico, sem que haja um elemento centralizado para controle ou coordenação.

Suas considerações sobre tais questões terminam com a afirmação de que “como regra geral, podemos afirmar que, assim que um sistema tiver um único componente capaz de desativar todo o sistema, ele não será distribuído, independente da complexidade de sua arquitetura. O propósito do Blockchain é garantir um aspecto específico de um sistema de software: prover e manter a sua integridade”.

Arquitetura Descentralizada

Um Blockchain é uma solução em arquitetura de Software. Uma solução desenhada para resolver problemas específicos de redes descentralizadas, opostas às redes centralizadas. A integridade é o ponto culminante de toda essa engenharia e sua realidade representa um avanço tecnológico extraordinário. Mas essa solução genial não se aplica a toda e qualquer rede, como alguns querem fazer parecer.

Sistemas centralizados pouco (ou nada) podem se beneficiar da existência do Blockchain. Sua utilidade está na sua capacidade de oferecer transparência e legitimidade em uma rede sem qualquer ponto singular de falha ou de controle.

Aplicações “subversivas”

Num modelo onde o paradigma centralizado reina, o Blockchain pode ser visto como subversivo, mas nesse ponto se esquece de que não existe razão pela qual tal modelo deva ser preferível ao seu concorrente por qualquer motivo. É verdade que manter “consenso” em redes centralizadas é bem mais fácil, mas nem sempre um caminho mais fácil quer dizer um caminho melhor.

O Blockchain pode subverter muita coisa, sim, mas especialmente os sistemas autoritários e nada transparentes, só esses realmente têm o que temer.

Criptomoedas

A Criptomoeda é a aplicação natural do Blockchain e uma evolução em termos tecnológicos. A descentralização da moeda é a descentralização do poder e isso tem implicações poderosamente radicais em um mundo onde pouquíssima gente detém quase todo o “poder”.

Essa é a força do Blockchain como arquitetura de software distribuído.

Ezequiel Gomes

Guia do Bitcoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: http://guiadobitcoin.com.br/feed/

Escreva um comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.