BitPay se justifica em relação ao controverso post sobre a Segwit2x

0 Comentários

Em 25 de agosto, o maior processador global de pagamentos em bitcoin, o , falou referente ao controvertido post no blog da empresa sobre o na semana passada (Veja aqui). A empresa aconselhou a utilização do software BTC1 (Segwit2x) no cliente Core. Agora, a empresa revela por que deu instruções para usar a versão BTC1 do Bitcoin.

Na semana passada, o blog do Bitpay provocou muita controvérsia e muitas opniões entre os seguidores do Segwit2x e os adeptos do bitcoin core. Muitos pediram que as pessoas boicotem a Bitpay e até chamaram a postagem do blog “ilegal” e “fraudulenta”. A empresa também foi removida do portal Bitcoin.org pelo administrador do site Theymos. Agora, a empresa está abordando a situação em uma postagem de blog de acompanhamento chamada “BitPay’s Perspective on Segwit2x”.

Leia também  Tether em crise: Bitpay usará outras stable-coins e deixará o USDT de fora

“Na semana passada, o Bitpay publicou um aviso sobre o risco de gasto duplo para desenvolvedores usando nós compatíveis com o Segwit na nossa plataforma de desenvolvimento Bitcoin Bitcore”, explica Bitpay. “Recomendamos que esses desenvolvedores diminuam o risco de duplo gasto instalando um de limite compatível com o Segwit. À medida que nossas instruções de de fronteira usavam a versão BTC1 da Bitcoin, isso naturalmente perturbou algumas pessoas que apoiam uma implementação rival do Bitcoin chamado Bitcoin Core “.

O Bitpay explica que os mineradores adotaram o software Segwit2x, e eles pretendem “aumentar o limite do tamanho do bloco de base para 2mb em novembro.” A empresa acredita que os mineradores continuarão apoiando o Segwit2x, e isso significa que o Bitpay deve estar preparado e quer permanecer na rede majoritária de hashrate. A empresa diz que a empresa precisa de uma blockchain confiável para suportar sua infra-estrutura e a “rede backbone também deve ser altamente disponível”.

Leia também  Exchange Kraken adquire serviço de compra de Bitcoin direto da conta bancária

A empresa com sede em Atlanta entende que os desenvolvedores do bitcoin Core decidiram não adotar o protocolo Segwit2x. No entanto, a Bitpay diz se eles continuaram a executar o software Core e os mineradores continuaram a adotar o frko de 2MB, então eles se estariam em uma rede menor. Isso quer dizer que, a empresa quer evitar interrupções no serviço e, assim, significa seguir o hashrate maioritário.

“Para evitar uma interrupção no serviço, a Bitpay deve estar preparado para um aumento no limite do tamanho do bloco em novembro”, acrescenta Bitpay. “A versão BTC1 do software Bitcoin implementa as regras Segwit2x que os mineradores adotaram. Uma vez que permanecer na cadeia majoritária é uma prioridade para nós, estamos nos preparando para implantar esse software “.

Leia também  Famosa carteira de Bitcoin escolhe seu lado no SegWit2x

O que você acha das declarações da Bitpay sobre o software Segwit2x e o Core? Conte nos comentários abaixo.

Fonte: news.bitcoin

Adaptação/Tradução: Guia do Bitcoin

Receba notícias diárias sobre o Bitcoin:

Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Linkedin: https://www.linkedin.com/guiadobitc