Bitmain se prepara para IPO na Bolsa de Valores de Hong Kong

0 Comentários

publica documento oficial apresentando proposta preliminar para listar suas ações na Bolsa de Valores de Hong Kong (HKEX). O documento detalha informações sobre a expansão dos negócios da empresa, posição de mercado, crescimento financeiro, entre outras informações.

A BitMain Technologies Holding Company é a maior empresa de de criptomoedas do mundo e busca aumentar ainda mais seu poder com uma oferta pública inicial (IPO). Fundada em 2013, a Bitmain, teria conseguido até fevereiro de 2018 entre 70 e 80 por cento do mercado de mineradoras de e chips ASIC.

Em documento oficial publicado nesta quarta-feira, 26 de setembro, a Bitmain apresenta uma proposta preliminar para listar suas ações na Bolsa de Valores de Hong Kong (HKEX), detalhando seu funcionamento.Os planos da Bitmain de realizar uma  IPO foram revelados pela primeira vez em junho de 2018, em entrevista ao Bloomberg. Na data em questão, o CEO da Bitmain, Jihan Wu, afirmou que a empresa estava “aberta” ao lançamento de um IPO com ações denominadas em dólares norte-americanos em uma jurisdição como a de Hong Kong. 

A Bitmain forneceu uma prova preliminar de requerimento que é exigida para listagem pública no HKEX, visando divulgar informações ao público em Hong Kong, informando sobre o atual estado da empresa. Na introdução do documento, a Bitmain descreveu a empresa como “a segunda maior empresa da e uma das dez maiores empresas de design de circuitos integrados do mundo em termos de receita em 2017”.

A empresa também enfatizou que Bitmain é “uma das poucas empresas” que oferecem ferramentas de mineração para várias criptomoedas, como Bitcoin (BTC), (LTC), (BCH), (ETH), Dash (DASH) e Zcash (ZEC). Vale lembrar que moedas como Ethereum estão passando por inúmeras controversias para tentar se tornar resistente aos circuitos integrados de aplicação específica (ASICs) produzidos pela Bitmain. E moedas como Monero já mudaram seus algoritmos para evitar a proliferação de mineração com ASIC.

A Bitmain detalhou também o desenvolvimento dos negócios da empresa, incluindo sua recente expansão com 11 novas fazendas de mineração na província de Sichuan, Xinjiang e no interior da Mongólia, bem como o estado da operação das duas maiores pools de mineração Bitcoin do mundo, BTC.com e a Antpool, que somam 33,4% do hash da rede Bitcoin, no momento da redação deste artigo.

A empresa também destacou a dinâmica de seus negócios em termos de crescimento financeiro, citando um crescimento exponencial da receita de US $ 137,3 milhões em 2015 para cerca de US $ 2,5 bilhões em 2017. A receita da empresa cresceu mais de 936%, de US $ 274,5 milhões no primeiro. seis meses de 2017 para cerca de US $ 2,8 bilhões nos primeiros seis meses deste ano até 30 de junho de 2018.

Leia também  Fork: Com contratos inteligentes e PoS, nasce o BitcoinGod