Bithumb registra explosão de lucro em 2017

0 Comentários

A Exchange sul-coreana coletivamente registrou aumento de 8.000% entre 2016 e 2017.

Bithumb, a maior exchange de criptomoedas da Coréia do Sul, registrou que seus lucros subiram na proporção de 171 vezes em 2017, de acordo com a Coindesk Coréia.

A Bithumb lida com um volume de negociação diário de cerca de 200 milhões de dólares. Ela é propriedade da BTCKorea, que é uma empresa pública negociada na Exchange Korea.

De acordo com o relatório publicado no site do regulador financeiro do país, a Bithumb gerou ₩427.1 bilhões (aproximadamente $399.7 milhões de dólares) em lucros no ano passado. O equivalente em 2016 tinha sido de ₩2.5 bilhões ($2.3 milhões de dólares). Isso corresponde a um crescimento de 171 vezes.

Leia também  Nicolás Maduro e sua nova ideia pra piorar a economia venezuelana: Criptomoeda Estatal

Esse dinheiro foi feito através das taxas de transação – a exchange toma 0.15% de cada ordem. Em acréscimo a isso, ₩90 bilhões ($8.4 milhões de dólares) foram gerados a partir de renda de não-operações. Esse termo se refere à fontes de lucros e perdas fora do negócio principal, que pode significar investimentos, propriedade e vendas de ativos, aluguéis, juros, etc. Um representante da Bithumb disse que “é difícil oferecer uma explanação completa como um balanço financeiro antes que ele seja apresentado aos acionistas”, que ocorreu em 30 de março. “Eu darei uma explicação detalhada depois de publicar o balanço financeiro no meio de abril”.

O resultado é dramático, mas não surpresa dada a popularidade da indústria das criptomoedas em geral e na Coréia do Sul em particular. As de criptomoedas naquele país somente fizeram quase 650 milhões de dólares de em 2017, um aumento de mais de 8.000% quando comparado a 2016.

Leia também  O Futuro da Litecoin diante da Lightning Network na rede do Bitcoin

A Coinbase, a maior exchange americana de criptomoedas, registrou 1 bilhão de dólares em lucros (sem contar impostos) em 2017, mas o crescimento mais significativo foi o da Binance. Com menos de um ano de existência, a exchange de criptomoedas da Chinaé agora a maior do mundo, lidando com 1.2 Bilhão de dólares em volume diário de negociação. Ela registrou lucros de 7.5 milhões de dólares nos primeiros 3 meses de operação e 200 milhões nos quatro meses seguintes.
Fonte: financemagnates.com/

Guia do Bitcoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: https://guiadobitcoin.com.br/feed/