Bitfinex desiste de realizar venda da criptomoeda K.im

0 Comentários

A Bitfinex Token Sale Platform está adiando a venda do Kimcoin devido a razões regulamentares por tempo indeterminado, anunciou a exchange no dia 5 de novembro.

“Após uma avaliação cuidadosa, lamentamos anunciar que a Bitfinex Token Sales e a equipe K.im concordaram mutuamente em não realizar a venda de tokens no momento”, diz o comunicado oficial.

A corretora citou a incerteza regulatória como a razão do atraso, pois desde o anúncio da estréia da KimCoin na plataforma Bitfinex Token Sale, o “ambiente regulatório evoluiu rapidamente.”

Como tal, a empresa reconheceu riscos com a captação de recursos para a venda de tokens K.im.

O token não será criado até que a plataforma esteja totalmente funcional. O projeto em si, a plataforma K.im, por enquanto, continuará.

No entanto, ele compartilha a probabilidade de uma oferta baseada em ações que será disponibilizada em breve a investidores qualificados e não uma oferta pública como já foi bem comum dentro do mercado.

As ICOs tiveram o seu ápice durante o ano de 2017 e começo e 2018, onde virtualmente qualquer empresa realizava ofertas públicas de suas criptomoedas.

Como uma grande parte das ICOs se mostraram golpes ou então falharam completamente, as autoridades regulatórias ficaram cada vez de olho nesse tipo de oferta.

Preço do Bitcoin Hoje!

A atuação das autoridades junto da taxa de fracasso das ICOs acabou esfriando bastante o mercado atual e tornou esse tipo de investimento bastante escasso. O surgimento da K.im era algo interessante, afinal trazia uma grande ICO/IEO para o mercado. Mas, ainda assim, a pressão regulatória foi maior.

De acordo com o roadmap do projeto da Kimcoin, ele já levantou US$ 2,5 milhões em financiamento do Bitcoin Capital, BnkToTheFuture e outros. A empresa planeja ter a plataforma operacional até o terceiro trimestre de 2020.

K.im é uma plataforma de recompensas de crimtpomoedas criada por Kim Dotcom, que disse ser um “participante significativo no espaço de criptoativos”. Recentemente, em uma entrevista, Dotcom disse que sua “taxa de adoção é um pouco mais lenta”, mas abrirá o criptomercado para “muito mais pessoas e casos de uso real”.

A plataforma não é baseada no próprio Bitcoin, mas em sua cadeia lateral, porque a empresa estava procurando uma tecnologia que pudesse eliminar os problemas de escalabilidade da blockchain do Bitcoin, ao mesmo tempo em que fornecia alta velocidade e pagamentos em tempo real.

Para quem não sabe, Kim Dotcom é o criador do MegaUpload, um antigo site de download e upload que revolucionou muito o compartilhamento de arquivos na internet. O site foi fechado pelo FBI por causa das acusações de pirataria.

Veja também: China desiste de “eliminar” a mineração de Bitcoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

 

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.