Bitcoin. Segurança para investir

A relativa durante períodos de incertezas políticas permitiu que a fosse considerada por investidores como um para conservação de capital

Dois importantes eventos em 2016 que rapidamente veem à cabeça, quando consideramos riscos para possuidores de fiduciárias, ações, commodities e outros ativos financeiros, é o Brexit e as presidências dos Estado Unidos. As consequências destes eventos demonstram que as moedas nacionais e ações podem desvalorizar em períodos curtíssimos.

piggy-bank_318-37219-png

 

Segurança primeiro

Um dos fatores críticos mais considerados pelos investidores é a segurança dos seus investimentos. Durante períodos de antecipada volatilidade, possuidores de investimentos locais, normalmente procuram um local seguro para alocar seu capital e seu valor.

Recentes eventos tem mostrado que, como o ouro, o Bitcoin gradualmente vêm assumindo o papel de um “esconderijo” para preservação de capital.

Leia também  2018 o ano em que os Bancos centrais comprarão criptomoedas

Michael Vogel, CEO da Netcoins, diz:

“Em alguns círculos, o Bitcoin ainda é considerado um investimento de alto risco, enquanto outros ultimamente o consideram como um paraíso seguro para investimento.”

Moedas digitais como o Bitcoin, foram feitas a partir do zero e projetadas para a . Bitcoin permite que valores sejam transacionados, ponto-à-ponto, sem que haja um intermediário, consequentemente, não é regulado por nenhuma jurisdição em particular.

Essa versatilidade parece ter fomentado o recente aumento da confiança demonstrada pelos possuidores da moeda digital. A relativa estabilidade, demonstrada durante os eventos acima citados, impulsionaram mais a confiabilidade obtida por criptomoedas, como o Bitcoin.

Há mais ainda a ser feito

 Contudo, Vogel pensa que o trabalho ainda não está concluído, apenas declarando o Bitcoin como um local seguro para os investidores, de forma que ainda há muito trabalho em progresso.

Leia também  Resumo semanal: Criptomoedas

Vogel diz:

“Acho que no momento o Bitcoin está em algum lugar entre um investimento de alto-risco e um paraíso seguro, mas como nós continuamos em tendência de estabilização do preço, até investidores mais conservadores ficarão mais confortáveis com relação ao Bitcoin”

Vogel continuou explicando que os mais ávidos seguidores de Bitcoin, já reconhecem o seu valor como um paraíso geopoliticamente seguro, conforme já foi comprovado. Em adição ao Brexit, outros exemplos podem ser vistos na Grécia, China, Argentina e muitos outros países, onde eventos e o clima de resultaram em aumento na adoção do Bitcoin.

Vogel concluiu, apontando uma tendência observada por muitos consumidores de moedas virtuais, que lidam com bitcoins da mesma forma como lidam com lingotes de ouro.

Leia também  Cazaquistão pretende lançar sua própria criptomoeda

Ele disse:

“Em minhas conversas com consumidores de moedas virtuais, tenho aprendido que alguns consumidores que compram Bitcoin regularmente, também investem ativamente em lingotes de ouro. Esses consumidores, contaram-me que eles investem em Bitcoin, pelos mesmos motivos que investem em ouro – são se comparados às moedas fiduciárias.”

Via:
Tradução e adaptação: Guia do Bitcoin

loading...

Agência anti sonegação dos EUA quer impedir fraude fiscal com software de rastreamento

A IRS espera usar o software Reactor pela Chainalysis para rastrear as transações de Bitcoin de carteira para carteira e para as exchanges afim de capturar as fraudes fiscais. Por…

0 Comentários

“Tá mais pra um investimento do que uma moeda” disse o presidente do banco suíço

O presidente do banco suíço, Thomas Jordan, é cauteloso sobre as criptomoedas, dizendo que ele as vê mais como um investimento do que como uma moeda no momento, informou o…

0 Comentários