Bitcoin: o fruto proibido!

0 Comentários

Poucas histórias em todo o decurso da existência da humanidade foram tão poderosas quanto o fatídico relato de Adão e Eva no paraíso se entregando ao “tentador” através da fruta proibida.

Apesar do ceticismo geral que existe em relação ao que é chamado de “mito”, essa história é uma espécie de tutorial sobre como perder o que é perfeito através da desobediência direta à ordem explícita de Deus.

Creio que já temos uma versão ultramoderna desse relato nos termos atuais:

Humanidade: você
Tentador: Satoshi Nakamoto
Fruto Proibido: Bitcoin
Deus: o “establishment” atual formado da Trindade: Governo (Pai), Banco (Filho) e Mídia (Espírito Santo)

Você vive no paraíso trabalhando para pagar impostos ao governo, dar lucro ao banco enquanto se mantém entretido pela mídia.

Leia também  CEO da exchange chinesa BTCC alerta que criptomoedas precisam de regulamentação

No contexto paradisíaco surge o tentador. Ele é uma espécie de figura mítica, uma sombra sem face, um nome impronunciável e te convida a subverter o paraíso!

O Fruto Proibido está no centro do “grande conflito”. É a pílula azul da Matrix. A chave (privada) da caixa de Pandora.

Deus, através da mídia, já demonstrou que ele prefere o Banco, seu Filho, do que qualquer outro (seja Satoshi, seja você), e já te avisou que se você comer essa merda (Deus, nesse paraíso, fala palavrão) toda a ira dele recairá sobre você, uma vez que será culpa sua se o paraíso moderno desaparecer!

Nossa sorte, nesse contexto, é uma só: a certeza de que o paraíso do governo, dos bancos e da mídia é, verdadeiramente, um mito que merece ser varrido da existência em troca da efetiva liberdade da humanidade.

Leia também  O que acontecerá com o Bitcoin depois que as 21 milhões de moedas forem mineradas?

A sua liberdade.

Use Bitcoin!!!

Assinado: Satoshi Nakamoto

(Carolina Euzébio)
Fonte: https://steemit.com/pt/@carolinaeuzebio/bitcoin-a-fruta-proibida

Guia do Bitcoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: https://guiadobitcoin.com.br/feed/