“Bitcoin não é moeda e nem criptomoeda. Invista por seu próprio risco”, diz chefe do Banco Central Francês

0 Comentários

O chefe do da  advertiu hoje sobre os possíveis riscos de investir em .

, governador do Banco central francês, disse que o recurso “especulativo” não é uma moeda e, confusamente, nem “mesmo uma criptomoeda”, de acordo com The Independent.

Fazendo as observações em um evento na , Villeroy continuou:

“Seu valor e sua extrema volatilidade não têm base econômica e não são responsabilidade de ninguém”.

O Banco central, disse ele, advertiu que aqueles que compram Bitcoin “assumem todo o risco por si só”.

A declaração de Villeroy faz um certo “efeito” pois Vitor Constancio, do Banco Central Europeu, que disse na última quarta-feira que os investidores estão a assumir o risco de comprar Bitcoin a preços elevados atuais.

Leia também  Jornalistas e defensores da liberdade de expressão lançam plataforma de notícias com blockchain

Bitcoin superou os $11.000

A notícia vem em meio a muita comoção da mídia após a moeda atingir o valor de $11.000 esta semana. No momento da publicação, a criptomoeda está sendo negociada por mais de $10.700.

Os surpreendentes ganhos de preços provocaram uma série declarações ​de pessoas do setor financeiro dizendo que o Bitcoin é uma , incluindo esta manhã o bilionário investidor Carl Icahn.

Como outros Bancos centrais, o Banco da França mostrou interesse, não em criptografia, mas na tecnologia  que os torna possíveis.

Em fevereiro, a instituição financeira lançou seu novo laboratório de inovação, em parcerias com algumas  de Blockchain.

Fonte: Coindesk.com
Tradução/Adaptação: Guia do Bitcoin