Por que precisamos do Bitcoin? A economia do mundo é centralizada

1 Comente

O Bitcoin é uma das principais ferramentas de uma boa parte dos investidores. Porém, muito além de uma ferramenta de investimento e especulação, o BTC foi criado para revolucionar o mercado financeiro.

Adaptando artigos do site CryptoBriefing, o Guia do Bitcoin continua uma série de artigos que explicam a Importância do Bitcoin.

O capitalismo sem controle

No nosso último artigo, exploramos as diferenças do Comunismo e Capitalismo. Onde assumimos que o Capitalismo é descentralizado e o Comunismo centralizado.

Portanto, o capitalismo parece um vencedor claro ao comparar os dois principais modelos econômicos. Há um problema bastante importante nesse sistema, no entanto.

O capitalismo, em sua forma ideal, parece não existir em nenhum lugar do mundo.

E, pelo menos em sua forma atual nas economias capitalistas modernas, ele é profundamente falho. As economias capitalistas, como estão agora, não são tão descentralizadas quanto se poderia esperar ou imaginar. Na realidade, muitas estão profundamente centralizadas.

A situação monetária de hoje, explicada em detalhes nos capítulos anteriores, examinou a questão das taxas de juros negativas. Como explicado anteriormente, as taxas de juros são fortemente controladas e manipuladas pelos bancos centrais. Isso limita severamente a capacidade de qualquer economia obter descentralização. O problema é agravado pela tendência atual de taxas de juros negativas, que estão ganhando força.

A questão mais óbvia com taxas de juros negativas é a concentração de riqueza em uma parcela cada vez menor da população, que pode exercer influência indevida na população remanescente muito maior. O clássico 1% contra 99% Isso faz com que a centralização apenas mova os locais em vez de se dissipar em toda a economia.

Em vez de um poder de governo central, por exemplo, o poder central pode acabar sendo algumas empresas excessivamente influentes, salgo às vezes chamado de corporocracia. Ou então o poder fica nas mão de alguns membros da elite da sociedade que detêm a grande maioria da riqueza, regime conhecida como oligarquia.

No atual sistema econômico dos Estados Unidos, por exemplo, alguns indivíduos – Jeff Bezos, Bill Gates e Warren Buffet – juntos controlam mais riqueza do que o total combinado dos 50% mais pobres de todos os americanos.

Saiba como comprar Bitcoin no Brasil com segurança!

Tal desequilíbrio não é exemplar do capitalismo em sua forma ideal. É centralização sem controle.

De fato, esses indivíduos obtiveram sucesso principalmente devido à sua capacidade de encurralar mercados com monopólios dominantes que esmagam impiedosamente a concorrência. A corporação Amazon, de Jeff Bezos, aniquilou sua concorrência, primeiro no mundo dos livros, mas expandindo-se desde então para oferecer uma ampla gama de produtos e serviços da web.

As lojas físicas e comerciais e os pequenos negócios de família entraram em colapso quando confrontadas com o poder da Amazon. É simplesmente impossível competir contra uma força tão dominante ao operar em margens comparativamente mais altas. Adicione a isso a prática da empresa de se opor a varejistas terceirizados em seu próprio site, e fica claro que a resultante falta de concorrência não é boa para consumidores, pequenas empresas ou sociedade em geral.

Warren Buffett é famoso por monopólios, apontando-os como sua fórmula para o sucesso. Ele é, de fato, abertamente anti-competição. Buffett compara possuir um monopólio a possuir uma ponte com pedágio não regulamentada, onde o proprietário pode cobrar o que deseja.

Buffett é citado como tendo dito: “Se você tem o poder de aumentar os preços sem perder negócios para um concorrente, você tem um negócio muito bom. Se você tem um negócio bom o suficiente, se possui o monopólio de um jornal ou se possui uma estação de televisão em rede, até o seu sobrinho idiota pode administrar o negócio.

E para a surpresa de ninguém, Buffett não é fã de Bitcoin.

As economias do mundo são todas centralizadas

Devido à natureza centralizada dos sistemas monetários modernos, todas as economias – capitalistas ou comunistas – tenderão a se reunir em torno de um ponto de centralização. Como um buraco negro, inexoravelmente puxando toda a matéria circundante, a gravidade do dinheiro centralizado atrai riqueza das margens para um ponto cada vez mais denso que deve eventualmente entrar em colapso sob seu próprio peso severamente desequilibrado.

Os controles monetários, como os exercidos pelos bancos centrais que manipulam as taxas de juros, devem ser eliminados para que um mercado verdadeiramente livre exista. 

O monopólio e a corrupção irrestritos são um resultado direto do sistema monetário atual, pelo qual a produção de dinheiro é controlada e distribuída centralmente. Portanto, o próprio dinheiro deve ser descentralizado e removido do controle direto dos partidos centrais.

Uma economia descentralizada não é controlada por algumas poucas entidades ou monopólios. É controlado organicamente por todos que participam da produção e do comércio. Para que uma transformação tão fundamental nas estruturas econômicas atuais ocorra, uma mudança de paradigma na natureza do próprio dinheiro deve se enraizar e se espalhar.

O Bitcoin pode facilitar essa mudança … contanto que permaneça descentralizado, o Bitcoin não pode apenas servir como instrumento de transação ou armazenamento de valor – mas também como o meio pelo qual as armadilhas da centralização podem ser evitadas.

Veja também: Lightning Network possui vulnerabilidade grave

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.