Bitcoin “Gourmet”? Brasil tem o 3º preço mais caro de Bitcoin do mundo

De acordo com o site Brave New Coin, site que reúne diversas informações sobre o Bitcoin e que lista todos os mercados mundiais, o Brasil ocupa o terceiro lugar em preço mais alto por unidade de Bitcoin.

Na imagem acima, o preço do Bitcoin registrado foi de $ 2.100,00 o que significa uma diferença de quase $200 em relação a um dos principais mercados de Bitcoin do mundo, os EUA.

O preço mais caro na cotação de hoje (11/05/2017) é liderado pela África do Sul, por $ 2.359,00.

Dá para aproveitar essa diferença e lucrar?

Para quem não sabe lucrar através da diferença de preços entre bolsas se chama Arbitragem e essa é uma operação bastante comum. É necessário levar em conta também as taxas de saque/depósito e execução de ordem.

Leia também  A WikiLeaks já arrecadou mais de 4.000 bitcoins desde 2011 e impulsionou criptomoeda

Se você morar nos EUA e tiver uma conta bancária no país, é possível sim aproveitar essa diferença! Através da Coinbase você pode comprar Bitcoin mais barato, por exemplo. Veja a cotação abaixo através do app parceiro do Guia do Bitcoin, o WatchCoins:

O preço atual cotado na Coinbase é de R$ 5.739,77, contra R$ 6.637,50 cotado na Foxbit, representando uma diferença de R$ 897,73 por unidade de Bitcoin. O lucro se torna mais alto ainda se o usuário comprar 10 bitcoins: R$ 8.977,30 de lucro aproximadamente em apenas uma operação.

Por que isso acontece?

O Bitcoin é uma moeda digital descentralizada e não possui autoridade central, portanto seu preço é determinado simplesmente pela vontade do mercado. Ou seja: simplesmente as pessoas querem pagar mais caro do que os mercados internacionais.

Leia também  Cases de uso do Ethereum em 2016 nos mais diversos setores da Economia

Você já utilizou ou tem alguma dica sobre como conseguir realizar essas operações? Deixe abaixo no comentário!

Informações: Guia do Bitcoin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *