Bitcoin e mercados emergentes tem uma forte correlação, afirma Tom Lee

0 Comentários

Tom Lee é analista de Wall Street e co-fundador da Fundstrat Global Advisors. Tom Lee, acredita que há uma correlação entre o preço do Bitcoin e a situação nos mercados emergentes. Por exemplo, se o FED desacelerar a política de elevar as taxas de juros e o dólar desvalorizar, as criptomoedas e os mercados emergentes, segundo ele irão valorizar.

Esses dois mercados tiveram um forte crescimento no início do ano, e depois caíram. Enquanto a dinâmica dos mercados emergentes não mudar, a correlação continuará e os compradores se absterão dos riscos associados ao bitcoin“, disse Lee.

Ele apontou que a queda nos mercados emergentes força os fundos de hedge a abandonar muitos riscos, que incluem o bitcoin.

Mas, ele acredita que o preço da principal criptomoeda ainda pode alcançar uma grande valorização até o final do ano, com uma possível reversão dos mercados emergentes.

Guia do Bitcoin

Escreva um comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.