Bitcoin continua sendo a maior esperança para os Venezuelanos

 

Não é segredo que a Venezuela está vivendo um caos econômico. O país notoriamente tentou acabar com a corrupção (a lá Índia em novembro de 2016), removendo a nota de  100 Bolivar de circulação.

O pânico generalizado que a moeda já quase sem valor tem causado é o um dos principais motivos dos protestos de cidadãos que buscam a proteção de suas economias.

Muitos venezuelanos começaram a procurar refúgio contra a turbulência econômica investindo em criptomoedas. O mercado atendeu e a primeira exchange de Bitcoin da Venezuela foi aberta.

No entanto, de acordo com um recente relatório da Bloomberg, esta semana, a demanda por criptomoedas na Venezuela continua crescendo. O volume de negócios desta semana no Bitcoin subiu novamente para mais de US $ 1,3 milhão, quase duplicando os níveis de dois meses atrás.

Leia também  Mineração de Bitcoin consome mais eletricidade do que 159 países, entenda porque isso é bom

A volatilidade das criptomoeda é mínima, em comparação com a desvalorização maciça da moeda local do país (6000 bolívares para US$ 1).

Mas as criptomoedas não são apenas usadas como investimentos seguros. Os consumidores também estão usando Bitcoin e outros como um meio de liquidar contas e continuar os negócios na incerta e volátil economia.

Como as criptomoedas são descentralizadas, elas são vistas como uma solução simples e segura para a necessidade em países onde as práticas governamentais destruíram os valores cambiais.

Fonte: cointelegraph.com

Adaptação/Tradução: Guia do Bitcoin

loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *