Bitcoin como uma ação atrelada à transferência de valores

0 Comentários

Eu estive pensando e me veio uma tese que eu vou tentar defender aqui. Muito se debate se o Bitcoin é uma moeda, se é uma commodity, se é uma mercadoria. Defenderei que o Bitcoin na verdade é uma ação atrelada à sua própria utilidade como serviço de transferência de valor.

Como assim? Bem, para explicar isso precisamos entender um pouco como o Bitcoin funciona. Cada transferência de valor precisa ser confirmada pelos mineradores. E os mineradores são recompensados em Bitcoin. Se o preço do Bitcoin fosse zero, não haveria mineradores, e nem transferidores. Não haveria transferidores porque não faria sentido transferir nada. E muito menos haveria mineradores porque ninguém estaria interessado em gastar energia elétrica para confirmar uma transação e não ganhar nada em troca, e ficar no prejuízo.

Mas suponha agora que o preço do Bitcoin saia do zero, e passe a valer alguns míseros centavos. Agora já passa a existir interesse em transferir Bitcoin, mas não necessariamente interesse em confirmar as transações, visto que o preço do Bitcoin estando muito baixo pode não compensar o custo de energia elétrica da mineração.

Mas para isso o Bitcoin tem o mecanismo de ajustar o nível de dificuldade da mineração para que ela seja sempre economicamente viável. Ou seja, se o hash total de mineradores é baixo, a dificuldade para minerar é baixa. Mas se o hash aumentar, a dificuldade também aumenta, de forma que esse sistema se mantenha sempre próximo do economicamente viável.

Então se o custo de mineração é um suporte interessante para o sistema, vamos analisar então o que acontece se o preço da energia cair. Se o preço da energia cair, o custo de transação cai, e aumenta a utilidade e viabilidade do sistema, tendendo a aumentar o valor do Bitcoin. Se o preço da energia aumentar, aumenta a inviabilidade da mineração, aumentando as taxas, e diminuindo o interesse pelo Bitcoin.

E qual a conclusão que se pode tirar disso tudo? Primeiro que a utilidade desse sistema todo se inicia e reside na transferência de valor. Se todo mundo parasse de transferir, os mineradores não teriam transações para confirmar, e todo o sistema morreria “do dia para a noite”. E na verdade investir em Bitcoin é investir na crença de que o custo da energia elétrica ficará cada vez mais baixo, e os custos de mineração também ficarão cada vez mais baixos, aumentando a utilidade e viabilidade econômica de todo o sistema.

 

 

(Discernente)
Fonte: https://steemit.com/bitcoin/@discernente/bitcoin-nao-e-uma-moeda-e-um-servico

 

 

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.