Bitcoin começa a amadurecer e se tornar uma classe de ativos séria

Imagem: reprodução

(Bloomberg) — O bitcoin mostra sinais de que está se transformando em uma classe de ativos séria.

As oscilações de preço da semana passada não respaldam muito essa afirmação. A moeda criptografada caiu 7,8% na quinta-feira após as notícias de que o Banco Popular da China ameaçou fechar as bolsas que violarem as leis contra a lavagem de dinheiro. O anúncio levou também algum dos maiores sites que operam com bitcoin no país a suspender saques, limitando-os à conversão da moeda digital em yuan e a depósitos em bancos locais.

Apesar de toda essa volatilidade, há indicativos de que o bitcoin está atuando de forma mais madura. Basta voltar a dezembro de 2013, quando o banco central chinês interveio depois que a moeda atingiu uma alta recorde de US$ 1.137. O Bitcoin depois caiu 51,4% em uma semana, recuperou cerca de 70% nos dois dias seguintes e caiu para menos de US$ 600 outra semana depois. Depois, o bitcoin estabeleceu uma queda lenta até chegar a US$ 183 em janeiro de 2015.

Leia também  Holandês de 39 anos vende todos os seus bens para viver de Bitcoin

As últimas oscilações seguiram um padrão similar. Logo que o bitcoin superou a casa dos US$ 1.000, as autoridades chinesas se envolveram e o preço despencou. Na semana passada, mais uma vez esse nível foi ultrapassado, e novamente o banco central entrou no páreo. Na segunda-feira, o preço mostrava pouca alteração, em US$ 1.003.

A diferença agora é a magnitude das oscilações. Embora a moeda tenha tido oscilações de dois dígitos em alguns dias, a situação não se compara com os altos e baixos provocados pelo Banco Popular da China em 2013.

As oscilações da moeda derivadas dos chamados eventos “cisne negro” são, portanto, muito menores e mais curtas do que antes. Há algumas razões técnicas para isso: volume maior, circulação mais ampla e mercado mais profundo de forma geral.

A relativa estabilidade do bitcoin provavelmente também seja o resultado da variedade de instrumentos associados a ele disponíveis para os investidores. As pessoas que querem proteger suas posições ou até mesmo vender o ativo a descoberto, por exemplo, podem usar contratos futuros negociados por meio do Bitmex.com, um mercado especializado neles. Os investidores podem até usar a plataforma para checar se a direção da moeda está mudando.

Leia também  Com início de cobrança de taxas, volume de Bitcoin despenca na China mas preço se mantém

O contrato trimestral vendido no Bitmex entrou em um mercado invertido — o preço futuro ficou abaixo do preço à vista — em janeiro, pouco depois de o banco central chinês ter começado a tomar medidas enérgicas contra as bolsas. Em um mercado com oferta limitada, o fato de que a maioria dos grandes traders esteja apostando na queda dos preços é uma má notícia. Isso se concretizou, mas desta vez o hedging pode ter limitado a desvantagem.

O Bitfinex, um outro site, criou um mercado ativo para o empréstimo de bitcoins a pessoas que querem vender a descoberto. A bolsa publica até uma taxa diária média para emprestar a moeda, que vem subindo nas últimas duas semanas.

O bitcoin ainda é um mercado pequeno, propenso a deslocamentos, mas como a variedade de instrumentos em torno da moeda está crescendo, ela começa cada vez mais a parecer algo real.

Leia também  Litecoin (LTC) sobe quase 10% após ser listado na exchange Coinbase

Via: Bloomberg/UOL

loading...

Cerca de 150 caixas eletrônicos de Bitcoin chegarão na Ucrânia ainda em 2017

Cerca de 150 caixas eletrônicos de Bitcoin serão instalados na Ucrânia ainda este ano, incluindo 20 a 30 máquinas instaladas nas ruas de Kiev, capital da Ucrânia, até o final…

1 Comente

Partiu? Conheça os 5 lugares do mundo mais favoráveis ao Bitcoin

Se você já se cansou de tentar falar sobre Bitcoin para as suas pessoas na região onde você mora e não ser ouvido, ou simplesmente não encontra um “ambiente amigável”…

0 Comentários
Vai ficar de fora?
Para manter-se atualizado sobre novidades, ofertas e dicas, informe-nos que você gostaria de receber atualizações por e-mail inserindo seu endereço de e-mail e clicando para se inscrever. Como usamos as suas informações?​

INSCREVER
close-link