Bitcoin pode cair a 6 mil dólares antes de alta expressiva

5s Comentários

 

Nos últimos dias, o Bitcoin tem estado em um quadro uma significativa valorização. Porém, para o especialista do criptomercado Johny Moe, ainda pode ser cedo para comemorar. Ele afirma que não se pode ignorar as características de alta volatilidade do ativo, de forma que não é de se admirar que a criptomoeda caia para os 6 mil dólares ainda neste ano, antes de alcançar valores mais elevados.

No que se baseia a opinião de Moe?

Para o especialista em criptomoedas, apesar da forte instabilidade que acometeu o Bitcoin em agosto, o pior ainda pode estar por vir. Isto porque, de acordo com ele, algumas análises gráficas de comportamento do ativo apontam para uma tendência de queda a curto prazo. Conforme suas observações, é possível que o BTC caia para o mesmo valor que estava em maio ainda neste ano, quando ficou na casa dos 6 mil dólares.

Além de análises de gráficos, Johny Moe também baseia sua opinião em outros fatores. Ele destaca que a atual escalada de valor do Bitcoin está ocorrendo muito rápido, e isto abre margem para um quadro de quedas. Em contrapartida, o criptoanalista afirma que o valor do ativo não deve cair mais do que isto, e que os gráficos indicam que depois de um período de desvalorização o BTC voltará a subir significativamente, sobretudo em 2020.

O que outros analistas dizem

As opiniões pouco otimistas de Moe para o Bitcoin a curto prazo não são compartilhadas por muitos especialistas. Um deles é o veterano Peter Brandt, que acredita no fato do ativo estar entrando em sua quarta fase parabólica. Isto, segundo ele, é motivo de comemoração e euforia para o mercado e os investidores, uma vez que tal processo pode resultar em um nível de acumulação recorde para a criptomoeda.

O CEO da ADVFN, Clem Chambers, salienta que as incertezas da guerra comercial entre EUA e China ainda pairam sobre a economia global. Assim sendo, sua opinião é de que isto acabará contribuindo para uma elevação de valores do Bitcoin em breve. Sua aposta é de que o ativo possa chegar na casa dos 20 mil dólares ainda neste ano.

De olho no panorama atual

Se a opinião de Moe está certa ou não, só os próximos dias irão dizer. O que chama a atenção no momento é o fato de que o Bitcoin está cotado acima dos 10.600 dólares, mesmo que neste momento esteja sofrendo com uma pequena queda. E julgando os ganhos expressivos que a criptomoeda teve nas últimas 24 horas, uma queda grande de preços não deve ocorrer tão cedo.

Fonte: ZyCrypto.

Veja também: 99% das altcoins ficarão apenas na memória

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.