Bitcoin busca suporte em $6.700 mas alta é iminente! Preços até dezembro podem disparar

0 Comentários

Em relatórios anteriores, o Guia do enfatizou que o provavelmente cairá para o topo da região de US$ 6.000 no curto prazo. Nas últimas 24 horas, o preço do bitcoin caiu 2,5%.

3 correções de preço em 2018

Ao longo de 2018, o preço do bitcoin sofreu três grandes correções em 7 de fevereiro, 10 de abril e 25 de maio. A correção inicial ocorrida em 7 de fevereiro levou o preço do bitcoin a cair de US$ 19.900 para US$ 6.100, mais de 69%. A segunda correção em 10 de abril levou a BTC a cair de US$ 12.000 para US$ 6.400, em 46%. A terceira e mais recente correção, em 25 de maio, levou a BTC a cair de US $ 10.000 para US $ 7.200, em 28%.

Leia também  Binance lançará exchange descentralizada e blockchain própria, a Binance Chain

Novos investidores estão tendo uma excelente oportunidade de entrada

Uma tendência pode ser vista nas três principais correções que o BTC experimentou em 2018, ou seja, todas as correções sucessivas tiveram sell-offs menores e períodos de correção mais estreitos. A correção inicial em fevereiro durou quase dois meses, enquanto a segunda e terceira correções chegaram ao fim em cerca de um mês.

Seguindo a tendência dos preços de cinco meses do bitcoin, é altamente provável que o BTC se recupere da marca de US$ 6.800 no curto prazo, iniciando uma forte alta a médio e longo prazo. Depois que o BTC fecha em US$ 6.800, espera-se que o mercado passe por um período de acumulação, levando o valor do BTC a aumentar gradualmente e garantir a dinâmica. Após um período de acumulação contínua, pode haver uma recuperação parabólica, elevando o valor da maioria das a crescer exponencialmente.

Leia também  Algumas informações sobre a regulamentação do bitcoin no Brasil

Apesar da perspectiva otimista de longo prazo da BTC, é importante reconhecer que tanto a BTC quanto o restante do mercado estão em um ciclo de baixa e o mercado em baixa provavelmente continuará até que a BTC saia da extremidade mais alta da região de US$ 6.000.

Analistas incluindo Willy Woo compartilharam sua visão do BTC caindo para a região de US $5.000, mas a menos que o preço do BTC caia abaixo da marca de US$ 6.500 e não sustente o nível de suporte de US$ 6.800, uma abaixo da marca de US$ 6.000 permanece improvável.

Altcoins e Tokens

Negociar criptomoedas alternativas e tokens em um período altamente volátil e um ciclo de “bear” é similar a alavancagem de negociação. Como os tokens tendem a experimentar movimentos intensificados tanto no lado positivo quanto no lado negativo, eles seguirão a tendência de preço do bitcoin, mas com movimentos de preço maiores.

Leia também  Rede Lightning alcança a marca de 1000 Nodes

A maioria dos tokens que tiveram um desempenho excepcionalmente bom contra as principais criptomoedas como Bitcoin e Ethereum ao longo de 2018 não foram capazes de evitar o ciclo do urso. 0x, Waves, ICON, Verge e Zcash, que demonstraram melhorias significativas e desenvolvimentos importantes em relação à escalabilidade, estratégia de longo prazo e tecnologia, tiveram um declínio substancial no último mês.