Bitcoin em baixa. O que aconteceu?

4s Comentários

A primeira criptomoeda do mundo, o Bitcoin, parecia seguir uma tendência lateral após a baixa em 30 de maio. A desvalorização da moeda também causou o colapso de outras moedas importantes. O Bitcoin superou a resistência dos US$ 8.000 recentemente, e rapidamente atingiu a resistência dos US$ 9.000, para depois sofrer uma baixa que levou o preço para quase US$ 8.200.

A recente baixa se deu após uma desvalorização de incríveis 98% na exchange Kraken, a queda aconteceu exclusivamente na paridade CAD/BTC e fez o Bitcoin cair de $ 11.200 (CAD) para apenas $ 101 (CAD) em questão de minutos. O preço instantaneamente subiu de volta, deixando apenas um candle vermelho.

Isso despertou preocupações na comunidade de criptomoedas:

“Flash crash na @krakenfx illiquid #bitcoin despejo de 1150 BTC por 101 $ CAD 🤷🏻‍♂️

Uma discussão de discussão do Reddit sobre o flash crash ofereceu algumas explicações sobre por que a falha ocorreu, um usuário sugeriu que alguém enviou acidentalmente uma grande ordem de venda por um preço baixo:

Card

A BitMEX foi a exchange que registrou o mairo número de transações através do par XBT/USD. A paridade teve um volume de negociação de US $ 3,01 bilhões. A BitMEX foi seguida pela Negocie Coins, que registrou um volume de negociação de US$ 1,83 bilhão via par BTC / BRL. O terceiro lugar foi ocupado pela Coinall, com um volume de US$ 727 milhões via par BTC / USDT. Atualmente o Bitcoin está sendo negociado por US$ 8.535

Clique aqui para ler sobre as 5 criptomoedas com o melhor desempenho em maio

Escreva um comentário

4 Comentários

É obvio que se tratou de um erro de operação de algum usuario…um pouco de alarmismo na comunidade…

Gostaria, eu quero saber como fazer cadastro???

Quero tá por dentro de tudo

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.