Bitcoin: Analista explica que Wall Street está manipulando o preço para comprar barato

0 Comentários

homem explicando algo num quadro negro

Em um vídeo no youtube o analista Teeka Tiwari fala em uma entrevista para um importante jornalista americano chamado Gleen Beck, sobre o Great Cryptocurrency Conspiracy 2018  “Grande Teoria da Conspiração da Criptomoeda 2018”. Ele Afirma que grandes empresas de Wall Street estão  manipulando o para comprar mais barato.

Já aconteceu isso antes

Antes de explicar sua “teoria”, Tiwari falou sobre acontecimentos semelhantes no passado que formaram suas atuais opiniões.

“A última vez que vi algo parecido foi em 1994 a 1995”, disse Tiwari. “As pessoas estavam ganhando enormes somas de dinheiro comprando ações de empresas como a Dell, AOL, Microsoft, Netscape … Os grandes investidores  e as instituições perderam completamente esse altista”.

Tiwari afirma que as instituições, com a intenção de garantir que não ficassem de fora do “Boom” (FOMO), começaram a espalhar o medo no mercado (FUD).

“As instituições diziam que alguém que compra ações da internet, é um idiota”. “Então, muitas pessoas começaram a vender suas ações da AOL, Microsoft e da Dell.” Adivinha quem estava comprando? “Foram os grandes investidores, as instituições”, afirma Tiwari. “Eles literalmente roubaram a riqueza que deveria estar nas mãos das pessoas.”

De 1995 a 2000, cinco trilhões de dólares entraram no mercado em uma das maiores corridas de touros da história.

“Portanto, essa conduta de espalhar medo para que o despenque e eles possam comprar mais barato não é novidade”, disse Tiwari. “Eles podem se safar. Ninguém jamais foi preso por algo assim.

E está acontecendo agora

Ele começa explicando como Jamie Dimon, CEO do JPMorgan Chase, manipulou o preço do Bitcoin em 12 de setembro do ano passado dizendo: “Bitcoin é uma fraude” e ameaçou demitir qualquer um de seus traders que comprassem Bitcoin. Isso resultou numa desvalorização de 24% no preço do Bitcoin. Na semana seguinte, descobriu-se que o maior comprador de um fundo Bitcoin era o Morgan Stanley e o JPMorgan.

Leia também  Waves participa do Astana Finance Days

Em 24 de janeiro, George Soros declarou que o: “Bitcoin é uma bolha”. Pouco tempo depois, o Bitcoin cai 44%. Dois meses depois, tornou-se público que ele havia autorizado que seus gestores de comprassem .

Em 7 de fevereiro, a Goldman Sachs afirmou que “a maioria das criptomoedas valeria zero”. Foi justamente nessa época que a Goldman Sachs negou a criação de uma mesa de operações de criptomoedas. Com a mentira o Bitcoin caiu 27%, logo depois a Goldman Sachs anunciou uma nova mesa de negociação de US $ 400 milhões.

O analista afirma em sua entrevista que tudo isso aconteceu na mesma época, afirmando que, embora ele não consiga provar um “conluiu”, ele acha o seguinte:

“se anda como um pato, grita como um pato, provavelmente é um pato”.

A previsão

Tiwari afirma que agora que os preços das criptomoedas caíram, é o momento dos grandes investidores e as instituições entrarem.

“Vamos ver este mercado explodir para cima, numa super valorização no preço”, disse Tiwari.

Ele falou que recentemente esteve num evento privado realizado em um castelo na Toscana. Lá ele participou de uma reunião onde conheceu um grande investidor que administra um fundo de pensão de 20 bilhões de dólares, de acordo com Tiwari … Ele ama criptomoedas.”

Leia também  MinerWorld na mira do Congresso: deputado requer a presença de representantes do MPF e Senacon para audiência pública sobre fraude com criptomoedas

Tiwari também falou sobre a aprovação de uma ETF Bitcoin (Exchange Traded Fund) em alguns meses. De acordo com o analista a aprovação da ETF é dada como certa porque o conselho da Chicago Board Options Exchange (CBOE) – uma das instituições financeiras mais confiáveis ​​e importantes nos Estados Unidos – fornecerá seguro para a ETF.

“Isso é impressionante”, disse ele. “Se for hackeado, se houver , se alguém perder a chave … (há) seguro para cobri-la”.

Tiwari diz que a Securities and Exchange Commission (SEC), que precisa aprovar um ETF, vai “gostar” da garantia da CBOE.

“A CBOE e a SEC – eles falam a mesma língua… Todos eles se conhecem. Eles vão para os mesmos lugares ”, disse Tiwari. “Então, o fato agora que a CBOE colocou seu selo de aprovação sobre as criptomoedas inequivocamente significa que esta ETF será aprovada.”

“À medida que as pessoas começaremm a perceber que isso realmente vai acontecer, elas vão “entrar” de vez no Bitcoin.”

A declaração desse analista de que há manipulação por parte de Wall Street no preço do Bitcoin, demonstra o grande potencial de crescimento das critpomoedas para os próximos anos. Quer saber mais sobre isso? Então clique aqui.

Leia também  Mesquita muçulmana no Reino Unido passa a aceitar criptomoedas como oferta