Bitcoin & Altcoins: Margin Trading para iniciantes

Para os traders com uma quantidade limitada de recursos, ou seja, com poucos bitcoins ou altcoins para investir, existe a opção de margin trading, a fim de adicionar alavancagem para o investimento. Isso, de fato, aumenta o montante investido sem ter que realmente ter os ativos. É importante mencionar que o margin trading não é recomendado para todos e tem um risco muito alto.

VAMOS COMEÇAR: O QUE É MARGIN TRADING?

Margin trading permite que um trader possa abrir uma ordem com alavancagem. Por exemplo – abrimos uma posição de margin com alavancagem de 2X. Nossos ativos de base aumentaram 10%. Nossa posição rendeu 20% por causa da alavancagem 2X. Negociações padrão são negociadas com alavancagem de 1: 1.

Margin trading é possível devido à existência no mercado os empréstimo. Os credores fornecem empréstimos aos traders para que eles possam investir em maiores quantidades de moedas, e os credores beneficiam-se de juros sobre os empréstimos. Em algumas exchanges, como a Poloniex, os usuários fornecem empréstimos para os mercados de margin trade. Por exemplo, na Poloniex qualquer pessoa pode emprestar seus bitcoins ou altcoins e beneficiar-se dos juros sobre o empréstimo. A principal desvantagem é que as moedas precisam estar na carteira da exchange, que é muito menos seguro do que uma carteira fria.

CUSTOS E RISCOS DE NEGOCIAÇÃO COM MARGIN TRADING

Como mencionado acima, o custo da posição da margem inclui o pagamento dos juros das moedas emprestadas (seja para a exchange ou para os usuários), e taxas para abrir uma posição com a troca.

Leia também  Pela primeira vez na história, bolsa de Wall Street será integrada a Blockchain, da Factom

A chance de ganhar mais aumenta, porém também há o risco de perder mais. O máximo que podemos perder é o montante que investimos para abrir a ordem. Esse nível é chamado de valor de liquidação. O valor de liquidação é o valor em que a exchange fecharia automaticamente nossa ordem para não perdermos nada do empréstimo e apenas perder nosso próprio dinheiro.

Exemplo: se estamos falando de negociação padrão, alavancagem 1: 1, o valor de liquidação é quando a posição atinge um valor de zero. À medida que a alavancagem aumenta, o valor da liquidação vai se aproximar de nosso preço de compra. Por exemplo, o valor de Bitcoin é R$1.000, nós compramos um Bitcoin (long) com alavancagem de 2: 1. O custo de nossa posição é de R$1000, além disso, tomamos emprestados mais R$1.000. O valor de liquidação da nossa posição será um pouco mais de R$500 – porque nesse nível perdemos exatamente nossos 1.000 reais mais juros e taxas.

Margin trading também pode ser contra o mercado, também podemos abrir ordem de vendas (short) com alavancagem.

DICAS PARA NEGOCIAÇÃO DE MARGIN TRADING

Gestão de Risco

Ao negociar, é importante que haja regras claras de gestão de risco, cuidado com a ganância excessiva. Leve em conta a quantidade que você está disposto a arriscar, tendo em mente que pode perder tudo. Defina níveis claros para fechar posições, obtendo lucros ou uma perda.

Leia também  Homem pode ser condenado por cobrar taxa de 10% em negociação P2P nos Estados Unidos

Assista com atenção

As altcoins são consideradas ativos com volatilidade excessiva. Margin trading de criptomoedas dobra o risco. Portanto, tente fazer posições de alavancagem de curto prazo. Além disso, embora a comissão diária seja insignificante, a longo prazo as taxas podem atingir a uma soma significativa.

Movimentos extremos

O mercado de criptomoedas às vezes tem flutuações extremas que ocorrem em ambas as direções (“Deep”). O risco neste caso é que o “deep” vai tocar o nosso valor de liquidação. Isso pode acontecer quando a alavancagem é relativamente alta, portanto o valor de liquidação é relativamente próximo. Na verdade, você pode tirar proveito dessas quedas, acertando nas definições da posição do fechamento.

EXCHANGES QUE PERMITEM O MARGIN TRADING

Agora é possível negociar com essa opção na maiorias das exchanges de criptomoedas. As vantagens da negociação com alavancagem são muito claras e outra vantagem importante é o aspecto de segurança. Os traders de criptomoedas devem se esforçar para minimizar a quantidade de moedas que possuem nas exchanges. As exchanges são consideradas alvos para hackers e nos últimos anos houve vários ataques, a última grande quebra foi com a Bitfinex em 2016, quando um terço dos Bitcoins na exchange foram roubados.

Margin trading permite-nos abrir posições aumentadas sem a necessidade de fornecer o Bitcoin necessário, dessa forma, podemos manter menos moedas nas contas. Por exemplo, se nossa carteira for composta por cinco Bitcoin e quisermos proteger-nos contra o risco do declínio do Bitcoin, a posição “short” alavancada de 10X poderá ser aberta e será equivalente a 40% de nossa carteira Bitcoin. Para abrir a posição, o montante necessário é apenas um décimo (10 vezes a alavancagem). Isso significa que precisamos apenas manter 0.2 Bitcoins. Assim nossos Bitcoins são armazenados em segurança nas “carteiras frias”.

Leia também  A Tempestade Perfeita está formada!

Bitmex – é uma exchange relativamente nova. Ela ganhou uma grande reputação em um curto espaço de tempo e muitos traders a usam com freqüência. Liderando o margin trading, a exchange oferece até 100X de alavancagem na negociação, tanto de “long ou short”. É muito fácil  operar e tem um bom suporte.

Bitfinex – Essa exchange coordena o maior volume de negociação do mercado Bitcoin USD, oferencendo uma alavancagem no margin trading de até 3,3X. A interface é amigável e simples de realizar transações.

Poloniex – a maior exchange de criptomoedas. Há 11 Altcoins com opção de alavancagem, não há margin trading para a paridade BTC/USD. A alavancagem está disponível somente em 2.5X. Taxas de juros relativamente altas com operações “short”.

Fonte: cryptopotato.com
Adaptação/Tradução: Guia do Bitcoin

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *