BitBay lançará exchange na Índia com suporte a 6 Altcoins

altcoins

A BitBay está se preparando para lançar uma Exchange na Índia com negociações de múltiplas criptomoedas no país.

A exchange de Bitcoins polonesa BitBay está se preparando para tornar-se a primeira plataforma internacional de negociação de criptomoeda mirando o mercado indiano. O mercado de criptomoeda crescente na Índia é fortemente influenciado por plataformas comerciais de Bitcoin, como Unocoin e ZebPay, duas empresas de Bitcoins nascidas no país. Na Índia a BitBay permitirá que os usuários negociem com Bitcoin e outras seis altcoins, entre elas Ether, Litecoin, Lisk, Monero, Dash e Gamecredits.

Ao declarar suas intenções para o mercado indiano através de um comunicado de imprensa, a BitBay afirma:

“O principal objetivo do BitBay India é remover todos os equívocos relacionados à criptomoedas, dirigir mais pessoas para as moedas digitais, atrair potenciais investidores e oferecer uma plataforma completa para negociações comerciais e também trade de múltiplas criptomoedas.

As autoridades indianas têm buscado um quadro regulatório para um futuro legalizado do Bitcoin e outras moedas digitais no país. No início desta semana, as autoridades apresentaram seu relatório oficial ao ministro das Finanças da Índia. Embora os detalhes do relatório ainda não tenham sido divulgados, todos os sinais apontam para que o governo reconheça o Bitcoin como uma moeda, mas com regulamentação e taxas para os usuários. Antes de um lançamento completo em 24 de agosto, o BitBay também planeja lançar na próxima semana uma demonstração de negociações de criptomoeda numa rodada de teste. A BitBay Índia iniciará as operações com uma equipe de 10 membros em Nova Deli com um plano proposto para aumentar sua força de trabalho para 50 pessoas até o final de 2017.

Evento chinês de blockchan se torna um fiasco ao usar sósia de ex-presidente chinês para promoção

Empresas chinesas de mídia especializada em blockchain estão boicotando uma conferência em andamento sobre a blockchain depois que os organizadores usaram um sósia do ex-presidente chinês, Mao Zedong, para promover o…

0 Comentários

Coreia do Sul tenta confiscar US$ 1,4 milhões em bitcoin em caso de pornografia infantil

o governo sul-coreano está tentando confiscar 191 bitcoins apreendidos em um caso de cibercrime de pornografia infantil, no qual o criminoso já foi condenado à prisão e multa de US$…

0 Comentários
Vai ficar de fora?
Para manter-se atualizado sobre novidades, ofertas e dicas, informe-nos que você gostaria de receber atualizações por e-mail inserindo seu endereço de e-mail e clicando para se inscrever. Como usamos as suas informações?​

INSCREVER
close-link