Binance pretende lançar exchange descentralizada em 2019

0 Comentários

Changpeng Zhao, o fundador de uma das maiores exchanges de criptomoedas do mundo, a , declarou que sua empresa tem planos de lançar uma plataforma de negociação descentralizada no início do ano que vem.

“Uma reunião produtiva acaba de ser realizada sobre a Binance , alimentada por BNB, a própria exchange não controlará os tokens dos usuários. Nosso objetivo é uma versão beta pública até o final deste ou início do próximo ano. Sim, nós trabalhamos aos sábados, sem parar! “ , destacou o chefe da Binance.

Zhao já falou por divesas vezes sobre exchanges descentralizadas “o futuro da indústria de criptomoedas”. Ele destacou que no longo prazo os usuários darão preferência por carteiras sem custódia. Sendo assim, a exchange trabalhará de maneira peer-to-peer. Tal modelo dará aos usuários controle total sobre seu dinheiro.

“Tenho certeza de que no futuro só existirá exchanges descentralizadas. Eu não sei ainda quando esse futuro chegará. Acho que estamos agora em um estágio inicial, por isso não sei se levará um ano, dois, três ou cinco anos. Eu não sei, mas devemos estar prontos para isso”, disse Zhao anteriormente.

Vale destacar que grande parte dos lucros das exchanges centralizadas vem por meio de muitas taxas. Portanto as exchanges descentralizadas também poderão cobrar taxas por meio de contratos inteligentes.

Leia também  XP investimentos se prepara para negociar criptomoedas

O fundador e CEO da Binance afirmou que as principais vantagens das exchanges descentralizadas são a liberdade e o controle dos usuários sobre seu capital.

Em tais plataformas, os usuários não precisam criar contas ou solicitar a retirada de fundos. Qualquer atividade de negociação é realizada através da Blockchain e por meio de uma exchange que não tem a custodia das criptomoedas do usuário.

Guia do Bitcoin