Binance doará 100% das suas taxas de listagem para caridade

0 Comentários

 

A Binance, maior exchange em volume de negociação, anuncia nesta segunda-feira que doará 100% dos seus fundos levantados através das taxas de listagem para a Charity Foundation (BCF). Para isso, tornará público todos os valores recebidos por cada projeto de token listado no site da fundação.

O modelo e as regras para listagens de novos projetos continuam os mesmos, de acordo com umas das publicações do blog da companhia. Os valores das taxas considerados agora doações não influenciarão no processo de avaliação e listagem.

A fundação de caridade foi criada pela própria casa de câmbio em julho deste ano. Presidida pela embaixadora da Boa Vontade da Organização das Nações Unidas () para o Desenvolvimento Industrial, Helen Hai, a iniciativa tem como objetivo ajudar a a lidar com a lacuna de financiamento das Metas de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas. Atualmente, a está lutando para levantar US$ 2,5 trilhões para ajudar os países em desenvolvimento a alcançar suas metas de investimento.

Um dos próximos passos importantes é a reunião da Binance e do BCF no fórum Blockchains for Sustainable Development, no dia 24 de outubro, em Genebra. O evento reunirá líderes e entusiastas blockchain, além de filantropos e chefes de Estado. O intuito é discutir como a tecnologia pode ser usada no futuro para o bem público.

A nova postura da exchange também é oportuna nas recentes discussões sobre os valores cobrados pelas casas de câmbio para listagem de novos projetos de criptomoedas, normalmente não declarados. Em abril deste ano, segundo um relatório levantado pela Bloomberg, o custo médio para esses tipos de projetos serem listados em uma plataforma de negociação  relevante é de US$ 2 milhões.

Recentemente, a Binance teve boatos nas redes sociais sobre as suas cobranças de taxas. No entanto, o CEO Changpeng Zhao negou os rumores.

Guia do Bitcoin

Leia também  Ethereum clássico está começando a se mobilizar e receberá grande suporte