Binance ameaça retirar criptomoeda de Mayweather após processo da SEC

0 Comentários

A startup de lançou em setembro passado, com o apoio pago de grandes celebridades como a lenda do boxe Floyd Mayweather e o produtor musical DJ Khaled, apesar de todo esse apoio em sua campanha de marketing, a Securities and Exchange Commission () dos Estados Unidos acusou seus proprietários de fraude.

E se isso não bastasse: A exchange de criptomoedas emitiu uma advertência contra a empresa, informando aos usuários que sua equipe está monitorando de perto a situação. A Binance destacou ainda que, caso sua equipe opte por remover o token CTR da Centra Tech de sua plataforma, ele dará aos usuários um aviso de 72 horas.

“Este é um anúncio especial sobre o alto risco associado ao token CTR à luz das informações divulgadas hoje cedo sobre os atos controversos e fraudulentos por membros associados à equipe da Centra Tech”, escreveu a Binance.

Embora a Binance não tenha mencionado diretamente o motivo, seu alerta provavelmente tem a ver com a investigação que a SEC lançou contra a Centra Tech no início desta semana, em 2 de abril.

Leia também  "1700%" Lúmens tem tudo pra ser uma criptomoeda top

A queixa da SEC afirma que os co-fundadores da Centra Tech, Sohrab “Sam” Sharma e Robert Farkas, lançaram uma  fraudulenta para enganar , onde conseguiram “roubar” mais de US $ 32 milhões, conforme relatório do Gizmodo. A notícia destaca que Farkas foi detido ontem, tentando embarcar em um voo para fora do país.

Além dos patrocínios pagos a e que pelo visto tinham a intenção de enganar os investidores, a Centra Tech mentiu diretamente sobre parcerias com várias empresas, incluindo  e .

A denúncia da SEC acrescenta que a Centra Tech falsicou as identidades do CEO Michael Edwards e da CFO Jessica Robinson, cujo LinkedIn demonstra perfis gabaritados, com experiência em instituições conhecidas como Harvard University e Johnson Communications.

Leia também  Pode a Blockchain parar o apocalipse digital total? Algumas preocupações sobre IoT

Contrariando essas afirmações, “nem Edwards nem Robinson são uma pessoa real”, diz o documento.

Para o registro, a Centra Tech inicialmente teve problemas com a SEC depois que a agência do governo emitiu um alerta para prevenir os investidores em criptomoedas, em relação as ICOs apoiadas por celebridades. Pouco depois, a empresa foi atingida com sua primeira ação judicial coletiva, alegando que sua operação violava as leis de valores mobiliários dos EUA.

Ainda assim, apesar desses sinais, muitas exchanges, incluindo Cryptopia e Binance continuaram oferecendo pares de negociação para o controverso token da CTR. Mas, considerando os problemas legais da Centra Tech, as coisas podem estar prestes a mudar muito em breve.

A denúncia da SEC também pede que os co-fundadores da Centra Tech devolvam todo o investimento que receberam na operação, mas não está claro se os fundos serão devolvidos aos investidores.

Leia também  O fim da burocracia? Santander afirma que o Bitcoin é uma ameaça para Bancos e cartões de crédito

Clique aqui para ler o documento da SEC que denuncia todo o esquema fraudulento por parte da Centra Tech

Guia do Bitcoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: https://guiadobitcoin.com.br/feed/

[jetpack_subscription_form title=”Bitcoins no seu e-mail” subscribe_text=”Digite o seu e-mail” subscribe_button=”Quero receber” show_subscribers_total=”1″]