BanCryp e PagSeguro criam parceria para pagamentos com Bitcoin

1 Comente

A adoção e a aceitação do Bitcoin como uma forma de pagamento será sempre o objetivo principal da comunidade, ou pelo menos de veria ser. O verdadeiro sucesso do Bitcoin será completo apenas quando você puder usá-lo como uma moeda de troca para o seu dia a dia.

Existem diferentes empresas especializadas em criar gateways de pagamentos que possibilitando o uso da criptomoeda como uma forma de pagamento para diferentes tipos de lojas e comércios.

Uma dessas empresas é a Bancryp, que tem trabalhado para aumentar a adoção do Bitcoin no mercado brasileiro, em especial em Florianópolis, onde uma costelaria já aceita a moeda, além do cinema.

Agora, essa importante aliada da adoção do Bitcoin ganhou uma parceria de peso. A BanCryp está junto de ninguém menos que o PagSeguro, uma das maiores empresas do Brasil em soluções de pagamentos.

De acordo com o CriptoFácil a parceria entre as duas companhias vai oferecer aos comerciantes a opção de ter uma máquina de cartão (famosa maquininha) que além do crédito e débito, também oferece a opção de pagamento em Bitcoin.

Segundo informações do site oficial do produto, o pagamento feito com Bitcoin é creditado em Reais para o lojista, porém, existe a possibilidade de manter o saldo em Bitcoin. O serviço cobra uma taxa de 1% sem volatilidade.

Em entrevista ao CriptoFácil, o CEO da Bancryp Elvis Lopes deu mais detalhes sobre a nova parceria.

 

Veja preço do Ethereum Hoje!

 

“Nosso objetivo sempre foi conquistar grandes parceiros, um movimento que só esperávamos em 2020, terminou acontecendo ainda este ano, estávamos e estamos falando com alguns grandes players de diversos setores e um dia surgiu a conversa com o Pagseguro.”

A parceria com o PagSeguro não era uma certeza, já quem segundo Lopes, as empresas tradicionais são menos receptivas ao Bitcoin.

 “Quando recebemos a resposta positiva ficamos muito contentes não só pela Bancryp, mas pelo mercado, que conquistou a confiança de uma grande instituição, que se demonstrou, pelo menos na nossa percepção, estar preocupada com seu nível de excelência e em democratizar o acesso a diversos tipos de soluções que possam compor o seu ecossistema. Acreditamos que com as condições do setor, a chegada de empresas sérias e claro, o trabalho que fizemos em ter, desenvolver e investir em um negócio validado, operacional, focado no cliente ajudou na decisão.”

Os planos para o futuro da parceria não são pequenos, com a ideia de implantar mais de 25 mil maquininhas PagCryp com um alta volume de transações (a níveis de Bitcoin).

“A meta é implantar o mínimo de 25 mil maquininhas PagCryp, transacionando em média R$2,6 bilhões por ano entre Bitcoin, débito e crédito. Não estamos considerando os nossos novos parceiros, distribuidores, outras soluções de pagamentos e as integrações que estamos realizando com pontos já implantados no Brasil, os quais anunciaremos em breve.”

Veja também: Bitcoin fará parte do currículo do ensino médio na França

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin! Se inscreva em nossas redes sociais:

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.