Bancos vs Bitcoin: Banco Central do Paquistão proíbe transações de criptomoedas e quem usá-las pode responder a processo

0 Comentários

O do pediu aos bancos e outros provedores de serviços financeiros que não apoiem transações com . O Banco do Estado do Paquistão (SBP) aconselhou o público em geral em um comunicado em seu site e em um tweet que regula os serviços de pagamento e transferência de dinheiro, tanto domésticos como internacionais.

Leia também  URGENTE: Bitcoin foi proibido na Índia! Bancos não podem mais aceitar transações relacionadas a Criptomoedas

O anúncio do Paquistão na sexta-feira segue-se a um dos bancos centrais da Índia, que possui links para revendedores de criptomoedas, que imediatamente reduziram os preços de criptomoedas nas bolsas locais.

Transferências podem levar a processos

A SBP disse que qualquer um que usar moedas virtuais para transferir fundos fora do Paquistão pode ser processado, de acordo com o site propakistani.pk. Qualquer pessoa encontrada usando moedas virtuais, moedas ou fichas com a finalidade de transferir dinheiro para fora do Paquistão estará sujeita a processo conforme as leis aplicáveis.

O SBP também pediu aos bancos comerciais e de microfinanças, bem como aos operadores de sistemas de pagamento e provedores de serviços de pagamento, que não facilitassem os correntistas que pretendiam realizar transações na forma de tokens e criptomoedas de ICOs.

A SBP observou que não reconheceu as criptomoedas como moeda de curso legal e não autorizou ou licenciou nenhuma entidade para a emissão, venda, compra, troca ou investimento em quaisquer moedas ou tokens.

Banco Central cita risco

O SBP tomou a ação por conta dos seguintes riscos:

  • As moedas virtuais são altamente voláteis, instáveis ​​e os preços baseiam-se principalmente em especulações;
  • A falha e o fechamento de exchanges de moeda virtuais e negócios por qualquer motivo, como ação de agências de aplicação da lei;
  • O número de comprometimentos de segurança de bolsas e carteiras virtuais em todo o mundo nos quais grande quantidade de fundos foi perdida.
  • Além disso, os fraudadores também começaram a oferecer esquemas de investimento estilo pirâmide, prometendo altos retornos ao público em geral no Paquistão. A SBP alerta que tais esquemas, semelhantes aos esquemas Ponzi, podem causar perdas significativas para o público em geral.

O que você acha da decisão do Banco Central? Deixe sua opinião!