Bancos de Hong Kong estão brigando contra exchanges de Bitcoin: contas congeladas, negação e atrasos

As contas bancárias de estão dificultando, se não impossibilitando, que negócios de funcionem sem problemas. Relatórios da região chinesa incluem negação de contas, congelamento de contas existentes e longas esperanças de aprovação – tudo sem razão explícita.

Acesso bancário difícil para de Hong Kong

“Acabamos de triplicar nossa base de clientes em um período de dois a três meses”, explica Thomas Glucksmann, de Gatecoin, “o preço da bitcoin estava se recuperando, a quantidade de dinheiro que os clientes estavam depositando estava aumentando – o tempo não poderia ter sido pior”.

Ele está falando de um movimento repentino e abrupto pelo . A conta do Gatecoin foi suspensa.

A Gatecoin é uma de criptomoedas baseada em Hong Kong.

Leia também  620 lojas na Coreia do Sul passam a aceitar Bitcoin como forma de pagamento

“Foi uma grande interrupção para o nosso negócio”, relata o Sr. Glucksmann.

“Os empresários bitcoins de Hong Kong dizem que foram forçados a abrir contas bancárias no exterior para continuarem operando seus negócios”, continua o artigo, “depois que os locais congelaram ou encerraram suas contas”.

O , a outra conta do Gatecoin, e os montantes de transações diárias foram limitadas, o que significava essencialmente fechá-lo.

O Bitcoin é seu próprio banco

O motivo, claro, é a razão do que o bitcoin é: os usuários são seus próprios bancos. Mas com a realidade atual, no entanto, a maioria das pessoas possui algum tipo de moeda fiduciária, para poder mudar ou investir, eles devem confiar, pelo menos inicialmente, em bancos legados.

Os banqueiros de todo o mundo se preocuparam abertamente com a capacidade do Bitcoin em relação ao branqueamento de capitais (AML) e os regulamentos rigorosos de seu KYC (conheça seu cliente). As empresas do ecossistema estão muito conscientes desses requisitos.

“Nós sempre quisemos garantir que possamos associar cada transferência bancária entrando e saindo com o nome do cliente que se registrou conosco e temos todas as suas informações [KYC]”, assegurou o Sr. Glucksmann.

Por sua vez, a Gatecoin teve que suspender as transferências de seus clientes.

Leia também  Exchange Foxbit abre vaga para Desenvolvedor em São Paulo

A Autoridade Monetária de Hong Kong “descartou alegações de que um grande número de empresas não conseguiu abrir contas bancárias”, insiste o artigo. “Um porta-voz disse que a taxa média de rejeição da abertura da conta era inferior a 5% por mês”.

O que você acha desta ? Qual o objetivo dos bancos para com as exchanges de Bitcoin? Comente abaixo!


Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin:

Bitcoins no seu e-mail

Digite o seu e-mail

Junte-se a 24.547 outros assinantes

Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: http://guiadobitcoin.com.br/feed/

Posts relacionados

Leia também  Parcele suas compras com Bitcoin em qualquer loja on-line no mundo, utilizando o serviço da Ripio
loading...

BitGive lança plataforma de doações transparentes com Blockchain, a Givetrack

O bem conhecido site de bitcoin baseado em caridade, o Bitgive, anunciou o lançamento da Givetrack, uma plataforma baseada em blockchain que traça transações sem fins lucrativos. O aplicativo visa permitir…

0 Comentários

Investidores dizem que o lançamento do Bitcoin Cash poderá afetar o preço do Bitcoin

Os investidores de Bitcoin poderão em breve “apostar” em uma nova versão da Blockchain, porém investidores informam que o uso desta nova criptomoeda poderá afetar o preço atual do Bitcoin….

2s Comentários
  • Beto

    Com certeza é boicotar o negócio de bitcoins na China. A partir do momento que não for mais necessário o envolvimento de bancos centralizados para investimento ou troca da moeda local, resolveria grande parte dos problemas!