Banco do Japão: cidadãos japoneses não precisam de uma criptomoeda nacional

0 Comentários

 

Conforme relatado pelo site de notícias Japan Times, o chefe do departamento de tecnologia financeira do Banco do Japão, Yuko Kawai, disse que o banco central não vê a necessidade de criar sua própria criptomoeda, já que os cidadãos preferem usar dinheiro.

Nós não consideramos criarmos nossa própria criptomoeda, uma vez que não há demanda. Nós realmente precisamos? Na verdade os cidadãos preferem usar o dinheiro”, disse Kawai.

De acordo com o Bank for International Settlements, o valor do dinheiro físico (notas e moedas) foi de 20% do PIB do Japão em 2016, o mais alto entre os países desenvolvidos. Kawai argumenta que, para alguns serviços no Japão, você ainda pode pagar apenas em dinheiro, por isso é difícil para os cidadãos aceitarem uma alternativa digital.

“O fato é que as pessoas não experimentam nenhum inconveniente e não baixam aplicativos móveis. A demanda por dinheiro é muito grande e nossa tarefa é satisfazê-la “, acrescentou Kawai.

A mudança geracional pode mudar a tendência, de acordo com a Kawai, as criptomoedas ainda não podem ser consideradas como meio de pagamento, já que a tecnologia ainda está em fase inicial de desenvolvimento, e o mercado de criptomoedas é muito especulativo.

Guia do Bitcoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: http://guiadobitcoin.com.br/feed/

[jetpack_subscription_form title=”Bitcoins no seu e-mail” subscribe_text=”Digite o seu e-mail” subscribe_button=”Quero receber” show_subscribers_total=”1″]

 

Escreva um comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.