Banco de Israel classifica Bitcoin como ativo e não como moeda

0 Comentários

O central de disse que as como são mais um ativo do que uma moeda.

Dirigindo-se ontem a uma reunião do Knesset Finance Committee, Nadine Baudot-Trajtenberg, vice-governadora do Banco de Israel, disse:

“A Bitcoin e as moedas virtuais similares não são uma moeda e não são consideradas como moeda estrangeira”.

Definindo a posição do Banco de Israel no ecossistema de criptomoedas, ela disse que as moedas digitais deveriam ser vistas como um “bem financeiro” e que o bitcoin não se enquadra na definição legal de moeda do banco central.

Baudot-Trajtenberg também advertiu que o bitcoin e outras criptografia não são apoiados por órgãos oficiais, como bancos centrais ou governos, e que investidores e usuários devem estar conscientes dos riscos, incluindo um alto nível de volatilidade que pode levar a uma súbita queda de valor.

Leia também  Coinbase acusa a Visa de "prejuízos" aos usuários

Além disso, citando possíveis riscos de conformidade para os bancos, ela continuou a dizer que a natureza anônima das moedas virtuais leva à possibilidade de sua utilização em lavagem de dinheiro e crimes financeiros. Os bancos, disse ela, precisam tomar as medidas necessárias para combater atividades fraudulentas envolvendo criptomoedas.

O departamento de supervisão bancária do Banco de Israel formou uma equipe interna para analisar esses riscos, indica a declaração.

Vai ficar de fora?
Para manter-se atualizado sobre novidades, ofertas e dicas, informe-nos que você gostaria de receber atualizações por e-mail inserindo seu endereço de e-mail e clicando para se inscrever. Como usamos as suas informações?​

INSCREVER
close-link