Banco central do Egito estuda lançar sua própria criptomoeda

0 Comentários

Ayman Hussein, subgovernador do Banco Central do Egito (CBE) – participou de uma conferência neste domingo na qual afirmou que o governo do país estaria estudando a possibilidade de emitir sua própria criptomoeda.

Segundo o site de notícias local, Amwal Al Ghad – o banco central do país está atualmente realizando estudos de viabilidade para lançar uma criptomoeda pareada na moeda fiduciária do país, a libra egípcia.

O objetivo de emitir uma versão digital da libra baseada em um blockchain, segundo o portal é a de poder facilitar transações, além de diminuir os custos com a produção de cédulas e moedas no Egito – que por sinal envolve diversos processos desde sua produção até a circulação no mercado.

Hussein ainda afirmou que instituições internacionais também estão por trás do estudo e evitou dar mais detalhes concretos sobre:

“Sem divulgar nomes ou especificar se a moeda prevista será negociada apenas entre bancos ou bancos e clientes.”

O Egito vem adotando uma postura anti-criptomoedas já há algum tempo, chegando a afirmar que as mesmas seriam usadas para financiar o terrorismo e que não possuíam leis que autorizassem seu comércio dentro do país, porém aos poucos a visão sobre o blockchain e o mercado está se transformando devido à suas vantagens e aplicações.

Continue lendo: Atlético Mineiro lança sua própria criptomoeda: GaloCoin

Escreva um comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.