Banco Central da França vai trabalhar com mais Startups Blockchain e investir em Fintech

O banco central da França está abrindo um novo laboratório de inovação, com o objetivo de colaborar com startups blockchain.

Imagem: reprodução

Em um discurso proferido no final do mês passado pelo governador do “Banque de France”, Villeroy de Galhau, o banco central indicou que quer ampliar seu trabalho com a tecnologia Blockchain. Em dezembro, funcionários do banco central revelaram detalhes de um teste de identidade digital, que viu a instituição trabalhar com o escritório de investimentos público-privado Caisse des Dépôts et Consignations, com sede em Paris, com a Labo Blockchain e um grupo de bancos nacionais não revelados.

Esse discurso aconteceu meses depois que o Banco da França pediu mais pesquisas sobre o blockchain.

De acordo com de Galhau, que falou no Paris FinTech Forum, o banco central quer promover mais inovação fintech. Para incentivar esse esforço, as autoridades estão abrindo um novo laboratório através do qual ele pode trabalhar ao lado de startups em testes e protótipos.

Leia também  Japão: Grupo SBI investe pesado em Criptomoedas, lançando 8 empresas no setor

Dizendo aos participantes do fórum que “estamos aprendendo com você”, de Galhau defendeu um ambiente expansivo para startups, incluindo aqueles que trabalham com blockchain.

De Galhau explicou:

“A digitalização do setor financeiro pode acelerar esse processo positivo: ajuda a disseminar os avanços tecnológicos, como assinaturas eletrônicas, soluções para se defender contra ataques cibernéticos ou tecnologias de contabilidade distribuídas. Soluções de pagamento inovadoras e seguras, como as blockchain’s, também estão ajudando a acelerar o desenvolvimento do comércio eletrônico e a modernizar o comércio físico.”

Poucos detalhes estão disponíveis sobre quando o laboratório será aberto. No entanto, de Galhau indicou que o banco central avançaria agressivamente com seus planos de inovação de fintech.

“Tenha a certeza de que estamos totalmente mobilizados para este objetivo”, disse ele.

hVia: Coindesk
Tradução: Guia do Bitcoin

Leia também  Uma das maiores empresas de consultoria do mundo, a PwC, passa aceitar pagamentos em Bitcoin

Posts relacionados

loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *