Banco Central da China descobre irregularidades em negociações de exchanges chinesas

 

A divisão de gestão de negócios do Banco Popular da China (PBOC) divulgou uma previa dos resultados de uma inspeção previamente anunciada nas plataformas chinesas de negociação do .

Em relatórios anunciados hoje, o central diz ter encontrado nas operações de grandes exchanges chinesas de bitcoin, são elas: BTCC, Huobi e OKCoin, afirmando ser esse a causa das flutuações anormais no preço do bitcoin.

Especificamente, o relatório conclui que as empresas utilizaram a forma de negociação “margem trading”, ainda não há informações sobre punições.

O relatório também alertou os investidores sobre os riscos da compra do bitcoin, um produto considerado sob a lei chinesa como um “bem virtual“.

Em declarações, os membros da comunidade bitcoin na China (talvez sem surpresa) procuraram minimizar as descobertas.

Leia também  Carteira Jaxx agora suporta DASH e recursos avançados serão lançados em breve

Eric Zhao, engenheiro da Academia Chinesa de Ciências, por exemplo, disse num site que o resultado era “esperado”, embora reconheça que os relatórios não fornecem muitos detalhes sobre o que foi descoberto.

O fundador de uma startup de mineração, com sede na China, Eric Mu, comentou da mesma forma, ridicularizando os relatórios como “nada de novo”.

Até o momento, apenas a BTCC emitiu uma resposta formal através da sua conta Weibo.

“A BTCC continuará cooperando ativamente com o banco central e seus departamentos e realizando retificações.” Atualmente, a BTCC está operando normalmente”, comentou.

O CEO, Bobby Lee, não confirma ou nega qualquer das conclusões, mas disse que ele está ansioso para os resultados do relatório para determinar como o poderá avançar de acordo com a orientação do .

Leia também  Análise: até quando o Brexit e a China continuarão influenciando no preço do Bitcoin?

Ele adicionou:

“Estamos abertos a todas as idéias e modificações.”

Fonte: coindesk.com
Adaptação/Tradução: Guia do Bitcoin

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *