Banco central chinês “declarou vitória sobre o Bitcoin”

0 Comentários

De acordo com a agência de notícias chinesa Xinhuanet, o Banco Popular da China informou que o volume global de negociação de bitcoins na moeda nacional da China, o Yuan (CNY), caiu para menos de 1%.

As autoridades chinesas começaram a repressão no início do ano passado, que começou inspecionando as exchanges com sede no país. Logo em seguida foi dada ordens de fechamento das exchanges do país e posteriormente a proibição das ICOs.

A “vitória” da China e o “sucesso” de Malta

A repressão na China levou a uma queda vertiginosa nas transações BTC/CNY, que chegava a atingir mais de 90% em seu pico. Como resultado das atitudes tomadas pelas autoridades chinesas, muitos dos traders chineses correram para o Japão, com as negociações em BTC/JPY disparando para o segundo lugar globalmente logo após a repressão.

Além do Japão, Coréia do Sul e Malta também conquistaram espaço nesse novo mercado. O Japão segui uma abordagem mais cautelosa em relação à China, descartando rumores de uma proibição semelhante e optando por uma regulamentação favorável, afim de fortalecer sua nova indústria de criptomoedas.

Porém, Malta tem atraído muito mais investimento para sua economia, e também comprovou que muita regulamentação mata a inovação. A nação insular tomou rapidamente a liderança no volume de transações global de Bitcoin, abrindo as portas para as duas maiores exchanges, a Binance e a OKex, ambas advindas da China.

O primeiro-ministro do país, deixou claro que Malta planeja atrair empresas de criptomoedas com leis favoráveis ao crescimento desse novo segmento, em um esforço para se tornar um líder global em tecnologia financeira.

Durante isso, a mais antiga exchange da China, a BTCC, reabriu recentemente em uma tentativa de reconquistar os traders com sua própria criptomoeda de negociação semelhante ao BNB da Binance, mas infelizmente, os dados mais recentes sobre o volume de transações indicam que o mercado na China está complicado e que a recuperação pode ser mais difícil do que se pensava. Apenas 209 Bitcoins foram negociados na semana passada, muito pouco se formos comparar com os 67.300 BTC negociados em USD – de um total de 674.400 BTC de um volume total.

Com isso ficou claro que a tal “vitória” da China, não tem sido favorável para o país e na verdade está impedindo de que a China, possa tirar proveito de todos benefícios dessa nova tecnologia.

Fonte: bitcoinist

Escreva um comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.