Baleias acumulam mais Ethereum em 2018 do que em qualquer período

0 Comentários

Na edição mais recente da plataforma Diar intitulada “As baleias acumulam bilhões, mas o crescimento permanece estagnado”, a empresa explica que desde o início de 2018, as principais carteiras acumularam ainda mais da criptomoeda, mesmo quando o preço caia.

A conclui que “as baleias acumularam mais em 2018 do que qualquer período na história do Ethereum, apesar do em baixa“.

Analisando as 5.200 carteiras ativas no topo, as participações da Ethereum entre baleias subiram impressionantes 80% desde o começo do ano.

As baleias aumentaram seus saldos em até 20 milhões de ethereum, um aumento de 9 milhões desde o início do ano. A razão do acúmulo pode ser atribuída a grande queda no preço da Ethereum, fazendo com que isso fosse uma oportunidade muito boa.

Leia também  Atualização de mercado: Preço do Bitcoin volta a faixa de 4 dígitos

Diar admite que os endereços de baleias caíram 30% desde o começo do ano. Isto pode ser devido a potenciais projetos de ICO e investidores.

baleias Ethereum

Independentemente do estímulo exato por trás deste acúmulo, Diar encerrou seu relatório observando que enquanto o valor fiduciário das propriedades das baleias caiu 90%, o crescimento do balanço ETH da Q4 subiu 270% sobre Q3, um sinal de alta na olhos de otimistas.

É claro que as baleias estão acumulando projetos em que acreditam, enquanto os preços permanecem 90% mais baratos do que no início de 2018.

De acordo com o mais recente capítulo do relatório de análise semanal da Diar, as baleias Ethereum continuaram a acumular ainda mais Ethereum, principalmente se os preços das continuarem em baixa.

Leia também  A CASA CAIU: Esquema de falsa criptomoeda KriptaCoin é desarticulado pela Polícia Civil em Brasília: mais de R$ 250 milhões movimentados

Leia também: Alerta Baleia: 66.233 Bitcoins são enviados de uma carteira inativa desde 2014