Aviso: Guarde seus Bitcoins.

Imagem: reprodução

Em abril de 2016, o do Bitcoin esteve em torno dos US$ 420. Desde então, durante um período de 12 meses, o do Bitcoin triplicou, aumentando de $420 para mais de $1250 dólares.

Os analistas acreditam que o preço do Bitcoin aumente consistentemente no médio prazo se mercados-chave como o Japão e os manter o apoio e se mercados relativamente pequenos como a iniciarem uma mudança maciça nos marcos regulatórios para a negociação e uso do Bitcoin.

Dois mercados chave: Índia e Japão

Durante anos, a Índia foi considerada como um dos mercados mais importantes para o Bitcoin, por conta do fraco sistema bancário do país. Hoje, analistas e pesquisadores locais informam que 40% da população indiana permanece sem bancos.

A grande maioria das famílias e indivíduos na Índia não contam bancos ou instituições financeiras.

Leia também  Homem confessa o roubo de $40 milhões em bitcoin

Recentemente, a de bancos iniciadas pelo governo indiano levou a uma crise financeira nacional, deixando bancos e caixas eletrônicos sem dinheiro para saques. A população da Índia têm tido dificuldade em obter dinheiro para as operações e necessidades mais básicas do dia-a-dia.

Além disso, empresas de pesquisa e serviços profissionais como a PwC revelaram que em outubro de 2015, 233 milhões de indianos não tinham acesso a contas bancárias. De acordo com um jornal local o Times of India, um relatório da ONU revelou ainda que 43% dos adultos na Índia não fazem depósitos ou saques nos bancos.

“Eu tenho quase 20.000 rupias  que economizei nos últimos anos. Eu nunca soube como fazer um serviço bancário, então eu nunca tive uma conta. Não tenho necessidade de um, todo o meu dinheiro guardei em casa, pois eu não sabia como depositar num banco”, disse um trabalhador que reside na Índia.

Leia também  Bitcoin e Ethereum batem recordes de preço em meio ao crescimento do mercado

Nos últimos anos, as principais exchanges e prestadores de serviços de Bitcoin na Índia não conseguiram demonstrar uma boa taxa de crescimento em termos de usuários e volume de negociações. Foi apenas no início de 2016 que exchanges como Zebpay e Unocoin começaram a ter um aumento em sua base de usuários e volumes de negociação.

Um fator chave que permitiria que a indústria indiana de Bitcoin crescesse em uma taxa rápida similar a China, Coreia do Sul e Japão é a legalização do Bitcoin. Os bancos centrais das Filipinas e do Japão recentemente legalizaram o Bitcoin como moeda para ajudar as indústrias locais a crescerem​ e permitir que os consumidores em geral utilizem o bitcoin.

Para o Bitcoin conseguir o reconhecimento na Índia, é necessário uma legalização da pelas autoridades locais. Se o Bitcoin se tornar legal até o final de maio, como muitos prevêem, e milhões de novos usuários na Índia surgirem como resultado, o preço do Bitcoin provavelmente aumentará. Portanto, para o médio prazo, o desempenho dos mercados japonês, americano e indiano deve ser considerado como razões para manter o Bitcoin como um ótimo investimento.

Leia também  Legisladores: "Bitcoin tem amplos benefícios para o Havaí"

Fonte: cointelegraph.com

Adaptação/Tradução: Guia do Bitcoin

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *