Austrália reafirma compromisso em reformular o problema da tributação do Bitcoin

1 Comente

O governo da Austrália está avançando na intenção de resolver o problema da “dupla tributação” das moedas digitais no país.

O governo prometeu há mais de um ano resolver o problema político, em que as empresas australianas são responsáveis ​​pelos impostos sobre bens e serviços (GST) sobre qualquer bitcoin vendido, com tributação também pra quem está comprando. É um ponto criticado há anos pela comunidade bitcoin do país.

De acordo com declarações publicadas hoje, o governo está consultando seu grupo de consultores em fintechs sobre o assunto.

Um documento divulgado pelo Ministro das Pequenas Empresas Michael McCormack, explicou:

“Qualquer mudança no tratamento da GST sobre as moedas digitais estará sujeita a um acordo formal.”

 

Quanto a quando essas mudanças podem entrar em vigor, o governo não estabeleceu um prazo.

No documento, o governo também reiterou seu apoio ao espaço monetário digital da Austrália, declarando que seus planos para regular as exchanges sob os estatutos existentes da AML/KYC ajudará a promover o desenvolvimento no setor.

“O governo está empenhado em facilitar a inovação e o crescimento no setor de moeda digital e considera que um regulamento apropriado para o combate a lavagem de dinheiro e o terrorismo (AML/CTF) ajudará nesse desenvolvimento”.

O país tem visto o crescimento de desenvolvimentos de aplicações blockchain desde o ano passado, incluindo uma oferta pela Australian Securities Exchange (ASX) para explorar a tecnologia (em parceria com a Digital Star Asset Holdings) para uso como uma possível substituição a seus Sistemas de liquidação existentes.

A ASX disse essa semana aos investidores  que o projeto está “no caminho certo”, e pretende tomar uma decisão sobre adoção para uso em larga escala no final deste ano.

Guia do Bitcoin

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.