Assembléia Nacional da Venezuela declara a criptomoeda Petro ilegal

0 Comentários

Um dos dois órgãos legisladores da Venezuela decidiu que de acordo com a legislação nacional a emissão de uma nacional é ilegal.

Num anuncio feito nesta terça-feira, a Assembléia Nacional da Venezuela, composta por um grupo de políticos que na sua maioria em desacordo com o presidente Nicolas Maduro e suas políticas, declarou que a criptomoeda é inconstitucional, usando uma retórica severa, denunciou o projeto como não apenas uma fraude, mas uma ameaça para potenciais investidores.

Em uma declaração pública denunciando a criptomoeda, os membros do grupo atacaram a venda, que já teria arrecadado US $ 735 milhões, argumentando que é simplesmente um sintoma da política em curso do país.

Embora potencialmente histórica, os membros do corpo de legisladores buscaram enquadrar a petro como mais uma maneira em que um governo corrupto está tentando desviar os fundos dos cidadãos. Nos últimos anos, a Venezuela foi abalada pelo alto e pela .

Leia também  A mais recente audiência da SEC sobre criptomoedas oferece um vislumbre de luz

O representante Rafael Guzman, que preside a comissão de economia e finanças do orgão, responsável pelo orçamento, crédito público, políticas financeiras, monetárias e cambiais, disse em um comunicado:

“Essa criptomoeda aprofunda a crise em que vivemos. A Petro é outro exemplo de corrupção, e sairemos desta crise com as medidas propostas por esse ”.

Guia do Bitcoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: https://guiadobitcoin.com.br/feed/

[jetpack_subscription_form title=”Bitcoins no seu e-mail” subscribe_text=”Digite o seu e-mail” subscribe_button=”Quero receber” show_subscribers_total=”1″]