Assembleia de Nova York sugere criação de força tarefa para monitoramento de ativos digitais no estado americano

0 Comentários

Novos projetos de leis foram propostos pela assembléia do estado de Nova York quanto às implicações da tecnologia blockchain e as criptomoedas. Um dos projetos, chamado de AO8783, visa criar uma “força-tarefa para moedas digitais” que planeja monitorar a “implementação generalizada de moedas digitais nos mercados financeiros no estado”.

Funcionários do governo dos EUA estão aumentando seus esforços para regular o mercado das criptomoedas e a tecnologia blockchain, já que muitos burocratas estão propondo projetos de leis para o próximo ano. Na semana passada, o democrata, Clyde Vanel, apresentou quatro novas propostas para o estado de Nova York que se aplicam a essas tecnologias emergentes. Uma delas é uma força-tarefa de monitoramento para criptomoedas que fornecerá ao governador informações sobre os potenciais efeitos generalizados dos ativos digitais.

De acordo com a conta AO8783, os membros da força-tarefa serão compostos por membros nomeados pelo presidente do Senado, o governador, o presidente da assembléia e outras agências governamentais de Nova York. O projeto de lei explica os objetivos da legislação proposta no resumo que afirma;

“A força-tarefa deve examinar e avaliar as moedas digitais dentro do estado; Identificar os efeitos potenciais da implementação generalizada de moedas digitais nos mercados financeiros; Analisar o impacto do programa Bitlicense do departamento sobre o uso de moedas digitais e fazer recomendações para utilizar ainda mais as moedas digitais dentro do estado.”

Ao que parece, o estado não quer ficar de fora dessa!

Se a lei for aprovada, a força-tarefa colaborará com o Departamento de Tributação de Nova York, o Departamento de Finanças e com o governador também. Todos os anos, o grupo enviará um relatório anual ao governador e apresentará propostas de regulamentação. Além da força-tarefa de criptomoedas, Vanel apresentou outra proposta para uma segunda força-tarefa. O grupo será semelhante à força-tarefa de ativos digitais, mas dedicará mais atenção nos aspectos mais amplos da tecnologia.

Além disso, Vanel propôs mais dois projetos que se concentram na inovação em blockchains e em contratos inteligentes. O projeto de lei da assembléia de Nova York 8780 procura fornecer definições legais para ambas as tecnologias emergentes. Por fim, o projeto de lei 8792 discute a tecnologia blockchain e utiliza tokens e contratos inteligentes para registros de votação.

O estado de Nova York é o epicentro financeiro dentro dos EUA e os burocratas da região querem reforçar seu controle legislativo sobre essas tecnologias emergentes antes que seja tarde demais. Dois dos projetos indicados por Vanel são muito semelhantes às medidas tomadas pelo os também estados americanos do Arizona e Vermont.

_______________________________________________________________________________
Publicação Traduzida e Editada pelo Guia do Bitcoin
Matéria Original: https://news.bitcoin.com/new-york-assem…

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: http://guiadobitcoin.com.br/feed/

[jetpack_subscription_form title=”Bitcoins no seu e-mail” subscribe_text=”Digite o seu e-mail” subscribe_button=”Quero receber” show_subscribers_total=”1″]

Escreva um comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.