As exchanges de criptomoedas são as verdadeiras vencedoras até aqui?

Um relatório sugeriu que as exchanges mais populares que trabalham com criptomoedas estão fazendo lucros na ordem de 3 milhões de dólares por dia. Quando você pensa que esse é um mercado ainda relativamente novo, que começou só em 2009, isso é impressionante. As exchanges fazem dinheiro ao cobrar taxas daqueles que compram, vendem ou sacam criptomoedas; então, com isso em mente, por que algumas são mais lucrativas do que outras?

Parece que as exchanges baseadas na Ásia veem os maiores lucros. A Binance, baseada em Tokio, e a OKEx, em Hong Kong, estão vendo mais de 1.7 Bilhão de dólares negociados por dia. Elas são seguidas de perto or Huobi, Bitfinex, Upbit e Bithumb. Quando você considera que mais de 50% da negociação diária das criptos é feita em exchanges na Ásia, realmente não é surpreendente que elas sejam as mais lucrativas.

Leia também  Coinbase volta atrás e planeja liberar "Bitcoin Cash" a clientes em Janeiro de 2018

Há outras razões além da popularidade que explicam a maior lucratividade das exchanges da Ásia. Elas têm custos baixos de energia elétrica, o que significa que elas têm taxas bem mais baratas do que em outros países. Esses países já têm uma economia bem estabelecida e que já tem uma ampla base de pagamentos móveis e, finalmente, eles têm uma ampla cultura em torno de jogos/apostas, que tornam os tokens mais aceitáveis culturalmente.

Não há novidade em se dizer que as exchanges mais populares hoje sobreviverão até o futuro. Como com tudo, as exchanges mais novas que estão chegando no mercado estão aprendendo coisas boas com as melhores exchanges, e tentando melhorar ainda mais. Por exemplo, Robinhood, uma exchange de criptomoedas baseada nos EUA tem por objetivo se tornar uma Exchange que não cobrará nenhuma taxa, mas as grandes como a Binance estão contra-atacando e introduzindo outras formas de manter sua relevância, como descentralização, conversão de fiat em cripto e investimentos com incentivos.

Leia também  Polícia sueca busca por financiamento da UE para investigar cibercrimes envolvendo criptomoedas

É muito cedo para dizer como tudo isso afetará o volume de negociação das criptos em 2018, mas tem sido previsto que com a combinação de estratégias inovadoras e aumento no número das moedas listadas, as exchanges top no mercado hoje ainda permanecerão entre as melhores.

Fonte: beat.10ztalk.com/

Guia do Bitcoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: http://guiadobitcoin.com.br/feed/

Posts relacionados

Leia também  Bitcoin valerá $10.000 até dezembro e $14.000 em 2018, segundo os melhores analistas de Wall Street

Funcionário público de Nova York é punido por “minerar Bitcoin no trabalho”

Um funcionário da cidade de Nova York recentemente foi flagrado minerando Bitcoin no trabalho, que decorreu de um incidente de 2014. Vladimir Ilyayev é um trabalhador do departamento de educação…

0 Comentários

Criptobilionário da lista da Forbes Matthew Mellon morreu

Segundo o site Associated Press o herdeiro da família dos banqueiros americanos, empresário e participante da primeira lista das pessoas mais ricas do ramo de criptomoedas da versão Forbes, Matthew Mellon…

1 Comente