Não, as criptomoedas não estão mortas!

0 Comentários

Há muito debate permeando a internet sobre se as morreram. O preço do despencou 65% desde as altas de 2017 e temos visto a capitalização de mercado reduzir de 1 trilhão a 260 bilhões de dólares.

Alguns que um dia foram HOLDERS voltaram a fazer TRADE e nossas avós pararam de pergunta sobre essa coisa de “Bitcoin”. Mas as criptomoedas realmente estão mortas?

Aqui há 5 razões pelas quais eu digo que não:

1- Os preços das criptomoedas subiram exponencialmente e declinaram lentamente. Geralmente, bolhas se formam e explodem na direção oposta – aumentam por um longo período e depois quebram repentinamente. Um declínio lento é mais um indicativo de uma correção saudável do que de uma quebradeira absoluta.

2- A tecnologia da blockchain e dos contratos inteligentes permanece intacta. Não houve nenhuma brecha na segurança do Bitcoin, nenhuma tecnologia que o tenha superado, nem nenhuma ameaça que tenha tornado as criptomoedas inúteis. O fenômeno que popularizou as criptos em primeira instância está tão vivo quanto nunca e represente uma alternativa ao legado do sistema financeiro que temos hoje.

Leia também  Romênia irá minerar Bitcoins utilizando energia eólica

3- Nós temos agora mais de 24 milhões de usuários de carteiras de criptomoedas em todo o mundo. Isso representa um aumento de 15% desde o fim do ano passado, que ocorreu mesmo durante a queda dos preços dos últimos meses. Isso também representa um aumento de quase 100% de usuários por ano em todo o mundo.

4- Mais negócios do que nunca estão aceitando criptomoedas como pagamento para bens e serviços. Isso não inclui apenas as grandes empresas como PayPal e Expedia, mas também inclui um influxo de negócios pequenos. As criptomoedas também são o método de pagamento preferido por freelancers que estão se tornando uma engrenagem cada vez mais importante no digitalizado século 21.

5- Já estivemos aqui antes. Aqueles que tem estado envolvidos com as criptos por mais do que um ano já experimentaram pelo menos outra grande queda no preço do Bitoin. Isso não é nosso primeiro round e certamente não é a queda mais significativa nesse mercado.

Leia também  Banco Central Europeu quer regulamentar criptomoedas e acabar com anonimato do Bitcoin

(Tom Underwood)
Fonte: medium.com/

Guia do Bitcoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: https://guiadobitcoin.com.br/feed/