Antiga empresa de biotecnologia compra 3800 Antminers e passa a minerar Bitcoins

0 Comentários

Uma antiga empresa de mudou seu foco para se tornar um investidor estratégico no setor de blockchain e agora está “mergulhando” no ramo de de bitcoin.

A empresa de biotecnologia teve uma valorização de 639,6%, depois de mudar seu nome para .

O nome não foi a única coisa que mudou. A empresa mudou seu foco para se tornar “um investidor estratégico e operador no setor blockchain”.

Depois de investir em várias empresas com foco em blockchain e comprar bitcoin em leilões, a Riot Blockchain agora está entrando no negócio de mineração de criptomoedas.

A empresa está comprando equipamentos de mineração de criptomoedas um total de 3.800 S9 fabricados pela .

Após a instalação, a Riot terá 5.000 equipamentos de mineração ASIC no total, sendo que a empresa havia comprado 700 Antminer S9 e 500 Antminer L3 em novembro de 2017.

Leia também  Depois de "terça sangrenta", Bitcoin e criptomoedas mostram sinal de recuperação

Após a implantação total, a Riot Blockchain “espera que seu poder de hash total seja superior a 60 Petahash do poder de computação de mineração de Bitcoin SHA-256 e 252 Gigahash de Scrypt para mineração Litecoin”, de acordo com um comunicado de imprensa.

“A mineração de criptomoedas será nosso foco para avançar, dando-nos a oportunidade de adquirir bitcoin e outras moedas digitais enquanto ajudamos a garantir o funcionamento da Blockchain”, disse o CEO da Riot Blockchain, John O’Rourke.

 

O passado da empresa está cheio de transtornos. Fundada em agosto de 2000 como uma startup de biotecnologia chamada AspenBio, foi rebatizada para AspenBio Pharma em 2005, depois mudou seu nome para Venaxis em 2012, e para Bioptix em 2016, apenas para alterá-lo novamente para Riot Blockchain no ano passado. Sob diferentes nomes, modelos de negócios e gerenciamento, a empresa nunca foi lucrativa. Nos primeiros nove meses de 2017, apresentou uma perda de US $ 11 milhões nas vendas de US $ 72.524.

Leia também  Mais uma empresa japonesa está desenvolvendo chips de 7 nanômetros para mineração

No momento do post, com potencial de hash superior a 60 Ph/s, a operação de mineração de bitcoin da Riot deverá gerar cerca de US $ 1,5 milhão em receita mensal.

Guia do Bitcoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: https://guiadobitcoin.com.br/feed/

[jetpack_subscription_form title=”Bitcoins no seu e-mail” subscribe_text=”Digite o seu e-mail” subscribe_button=”Quero receber” show_subscribers_total=”1″]