Análise Técnica BTC/USD – 22/10/2018

0 Comentários

Se você é dos que investem em Bitcoin sem se preocupar muito com adversidades temporais de curto prazo, esta análise especial é para você.

O gráfico acima se refere ao Bitcoin desde meados de 2012 até os dias atuais. Podemos analisar forte semelhança entre o movimento de alta exacerbado ocorrido em meados de 2013, onde o Bitcoin alcançou cerca de 1.150 USD, corrigindo fortemente até meados de 2015, cujo preço ficou próximo à casa dos 310 USD. Houve desvalorização média de 70% nos preços do ativo em aproximadamente dois anos.

Da mesma maneira, a correção dos preços do Bitcoin, do final de dezembro de 2017 (19.600 USD) até seu fundo mais profundo (cerca de 5800 USD) em 2018 chegou à casa dos 70,4%. Mais uma vez, o futuro reflete o passado.

Podemos verificar, também, forte correlação no que se refere à volatilidade dos ativos dentro desta amostra de longo prazo; entre julho de 2012 e abril de 2013, houve valorização de mais de 1.500% nos preços do ativo; de março a dezembro do mesmo ano, nova valorização de 1.840%;  entre 2017 e 2018,  o Bitcoin valorizou cerca de 1.860% em um ano.

De acordo com o famoso indicador de Canais Donchian, um dos mais conhecidos no mercado tradicional, longos períodos de estabilidade nos preços costumam levar o mercado a movimentos agressivos, seja para o bem, seja para o mal. No caso do Bitcoin, normalmente as fortes lateralizações nos gráficos de longo prazo apontam para cima, mostrando constantemente as características deflacionárias que fazem do Bitcoin o ativo mais seguro de se operar.

A lateralização nos preços coincide com a LTA claramente formada desde 2012 até os dias atuais; seria a lateralização, em união à LTA traçada no gráfico, indícios mais do que claros de que o Bitcoin está chegando ao fim de seu movimento corretivo prolongado? Podemos pressupor, dentro de uma visão mais otimista, que sim. Esta região foi religiosamente respeitada ao longo dos últimos sete anos, mostrando-se implacável nas tomadas de decisão dos traders mais conservadores.

Conforme montagem de retração de Fibonacci no gráfico acima, podemos verificar clara lateralização em 0.786 ao longo dos últimos meses próximo à casa dos 6100 USD, comprovando o ímpeto comprador próximo à zona de custo para a mineração de novos bitcoins. Sendo assim, caso sinais claros de divergência se manifestem no semanal, existem três possibilidades principais de alta, a priori, até o final do ano: 16.700 USD, 20.000 USD e 24.000 USD, respectivamente. Muitos analistas renomados, inclusive, acreditam piamente na possibilidade de o Bitcoin bater, ainda este ano, entre 20.000 e 24.000 USD por conta de análise semelhante.

Aos holders de carteirinha: talvez este seja um dos melhores preços do Bitcoin que vocês conseguirão por muito tempo.

Escreva um comentário

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.