Análise Técnica BTC/USD – 03/12/2018

0 Comentários

Nossa análise anterior foi confirmada com louvor e apresentou os perigos de uma bull trap. Por duas vezes consecutivas, o mercado bateu próximo à casa dos 4300 USD e, poucos dias depois, voltou a bater 4200 USD, pouco abaixo do topo anterior dentro da amostra ilustrada no gráfico. Tal comportamento dos candles ocasionou certa euforia de parte dos mais incautos. Porém os indicadores não se mostraram nada otimistas e continuamos, assim, numa forte tendência de baixa, ainda sem previsão de fim.

Em análise posterior, explicaremos por que ainda estamos sob forte ameaça de queda próxima a 3000 USD. Por ora, vamos nos focar no gráfico de quatro horas que, aparentemente, está apontando pequena possibilidade de lucro, ainda que bastante arriscada.

Leia também  Preço do Bitcoin registra alta de mais de 7% e se aproxima dos $900 dólares

O Índice de Força Relativa (IFR) aponta leve sinal de divergência após atingir 78,6% da Retração de Fibonacci; ao mesmo tempo, MACD começa, de forma discreta, a dar sinais de perda da força vendedora: suas médias móveis começam a formar angulação divergente discreta e o histograma vendedor começa a se dissipar. Mas ainda é muito cedo para termos conclusões mais firmes sobre este indicador.

Caso a tendência de baixa continue e a LTB seja respeitada, haverá possibilidade de alvo de venda próximo a 4070 USD no curto prazo. É necessário relembrar, no entanto, que entradas e saídas tão rápidas no Bitcoin, segundo a atual volatilidade do ativo, são bastante perigosas.

As possibilidades de uma forte reversão repentina devido ao fato de o ativo estar muito abaixo de seu preço de custo são elevadas, porém ainda não possuímos nenhuma indicação clara de quando isso irá ocorrer. Portanto, recomendamos abandonar a análise fundamentalista deste criptoativo por ora, uma vez que ela, no curto prazo, não está sendo respeitada.

Leia também  Bomba! Um dos maiores bancos do mundo vai lançar sua própria criptomoeda em larga escala, a MUFG Coin