Análise técnica Bitcoin: Chances de bater os US$ 14.000 antes de 31 de dezembro

1 Comente

analise-tecnica-bitcoin

O preço do Bitcoin está em um canal descendente que significa que há possiblidade do preço permanecer em baixa, mas enquanto o preço vai caminhando em um movimento descendente, pode atingir uma importante linha de suporte, que atualemnte está no nível de preço de US$ 7.000. Apartir da confirmação desse fundo o Bitcoin pode buscar uma reversão e então pode facilmente subir para US$ 14.000.

Gráfico diário

gráfico de preço do bitcoin

O Bitcoin tem se mantido acima dos US$ 8.700, mas os US$ 9.000 devem ser superados para que os compradores se fortaleçam e possam levar o preço em direção aos US$ 10.000.

resistência do canal descendente tem sido testada por diversas vezes. Um rompimento desse canal pode finalmente colocar o Bitcoin em uma trajetória rumo aos US$ 14.000.

Gráfico de 4 horas

gráfico de preço do Bitcoin

O RSI sugere que o Bitcoin ainda não encontrou um fundo. Uma baixa na sobrevenda pode ser a causa da próxima reversão fazendo o preço ultrapassar os US$ 9.000.

Além do suporte da linha de tendência, há também outros importantes níveis de suporte em US$ 8.500, US$ 8.400 e US$ 8.000.

Gráfico de 1 hora

gráfico de preço do Bitcoin

Neste período gráfico é possível identificar que a pressão de venda do Bitcoin continua a impedindo a reversão do BTC abaixo da resistência da linha de tendência de baixa.

A linha de alta do MACD significa crescente influência de alta no curto prazo, mas apenas uma notícia de impacto muito relevante pode confirmar essa alta no curto prazo, por enquanto não há essa expectativa.

Neo e Vechain são destaque

A NEO aumentou mais de 50%, enquanto a VeChain subiu cerca de 100% desde que presidente chinês fez o anúncio da importância da Blockchain. Enquanto o resto do mercado também reagiu positivamente às notícias, o aumento não foi tão intenso quanto o observado com o NEO e a VeChain. Em média, o resto do mercado conseguiu ganhar apenas cerca de 17% após o anúncio pró-blockchain de Xi Jinping.

As palavras do presidente chinês foram bem recebidas pelo setor e gerou forte otimismo no mercado, com destaque para a Binance que manifestou interesse em abrir uma filial na capital chinesa, Pequim.

China quer dominar tecnologia Blockchain

Vale lembrar que em 2017, o Banco Popular da China (PBOC) renovou seus esforços para regular as exchanges de Bitcoin da China. Zhou Xuedong, Diretor do Departamento de Gestão de Negócios do Banco, que realizou inspeções nas exchanges, delineou algumas novas regras que as exchanges devem seguir.

A iniciativa do PBOC foi uma tentativa de acabar com as ofertas iniciais de moedas, em um esforço para evitar bolhas de investimento arriscadas. Mas fontes bancárias digitais contatadas pelo Epoch Times afirmaram que as autoridades chinesas queriam na verdade impedir que o Bitcoin e outras moedas digitais fossem utilizadas na fuga de capitais do continente e de Hong Kong.

Clique aqui para ler: Facebook anuncia sistema de pagamento Facebook Pay

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.