Coréia do Sul vai aliviar “pressão” sobre as criptomoedas

0 Comentários

south-korea-bitcoin-coreia-do-sul

De acordo com o The Korea Times o  Serviço de Supervisão Financeira () da Coreia do Sul aceita acordo do na questão da regulação das e poderá reconhecê-las como .

O prazo para que os países-membros do G20 cumpram as recomendações sobre a regulamentação das criptomoedas será em julho. Conforme acordo com os líderes das 20 maiores economias do mundo, as criptomoedas devem ser consideradas como “ativos financeiros”.

A FSS, que anteriormente classificava criptomoedas como “ativos não financeiros” por causa de sua natureza especulativa, prometeu “melhorar a situação” no campo da regulamentação.

“Está claro que as criptomoedas serão classificadas como ativos, e o principal problema será focado em como regulá-las adequadamente dentro da estrutura de uma única legislação, que será acordada pelos países do G20. A posição atual da Coréia deixa muito a desejar e vamos intensificar os esforços para mudar isso “, disse o ministério.

No início de maio, a FSS já destacou que vê “aspectos positivos nas criptomoedas” e pretende cooperar com os reguladores para sua introdução no campo legislativo.

Leia também  Impostos e muro de Trump podem dar impulso ao Bitcoin

Por sua vez, o Partido Democrático da Coréia do Sul, com o apoio dos legisladores, começou a desenvolver um marco legal para a legalização das ICOs.

Fonte