Agencia de notícias da Austrália, discute a possibilidade do Bitcoin substituir o dólar americano

0 Comentários

No início desta semana, a ABC News, um serviço nacional de na produzido pela Australian Broadcasting Corporation (ABC), apresentou a possibilidade do substituir o americano e se tornar a moeda principal do mundo.

Na semana passada, o do bitcoin aumentou de US $ 1.900 para US $ 2.500, demonstrando um aumento de 24% numa semanal. No pico, o preço médio global do bitcoin ultrapassou a marca de US$2.700 dólares pela primeira vez, estabelecendo um novo recorde de preço. Desde então, o preço do bitcoin teve uma correção menor e estabilizou-se em torno de $ 2.450.

Durante todo o forte rally do bitcoin e a arrancada no aumento de preço, os principais meios de comunicação em todo o mundo, incluindo a ABC News e a Australian Broadcasting Corporation, forneceram ampla cobertura sobre o aumento no preço do bitcoin, justificando o valor e a demanda crescente de investidores individuais e institucionais.

Leia também  Pesquisa mostra que queda do Bitcoin foi devido aos "mãos de alface" que despejaram 30 bilhões no mercado

Os principais provedores de serviços financeiros, empresas de investimento e meios de comunicação tradicionais, incluindo a Fidelity Investments e a CNBC, descreveram o bitcoin como digital e um ativo seguro, principalmente devido à sua natureza descentralizada. Como o valor do bitcoin depende exclusivamente de seu mercado e da demanda de comerciantes e investidores, o bitcoin tem sido descrito como um ativo seguro que os investidores devem incluir obrigatoriamente em suas carteiras para evitar uma possível instabilidade do mercado e a incerteza econômica.

O investidor de ouro e fundador da corretora de metais preciosos GoldSilver.com, Mike Maloney explicou:

“Você quer ter um sistema monetário alternativo que já está pronto. Este sistema se chama criptomoedas. Tudo começou com o Bitcoin. Há várias outras que chegaram depois. Eu possuo algumas. Eu não tenho várias criptomoedas, mas acho que é algo que é necessário, para se estar preparado, porque se o sistema monetário falhar, você será capaz de fazer transações imediatamente com outras pessoas e poderá negociar em longas distâncias, utilizando a Internet, assim como você paga com seu cartão de crédito hoje.”

A ABC News e seus analistas alegaram que o bitcoin poderia substituir o dólar americano e outras moedas de reserva pelo mesmo motivo que Maloney recomendou aos investidores e seus clientes a compra de bitcoin como um investimento de longo prazo e um ativo seguro.

Leia também  Telefônica perde US$550.000 em bitcoin com ataque ransomware

Bitcoin é o sistema monetário alternativo aos sistemas bancários e financeiros globais que existem hoje. A rede Bitcoin e seu protocolo peer to peer permitem que qualquer pessoa no mundo, bancada e não bancarizada, facilite e processe transações sem a existência de intermediários e prestadores de serviços terceirizados.

Para que o bitcoin ultrapasse o valor de uma moeda de reserva como o dólar americano, ele precisa alcançar um teto de mercado de vários trilhões e atualmente, o limite de mercado de bitcoin está em torno de US$ 40 bilhões.

O Bitcoin ainda é uma tecnologia relativamente jovem, em uma fase inicial de desenvolvimento. É evidente que muito para amadurecer e resolver problemas de escalabilidade, a fim de se tornar uma moeda digital e sistema de numerário digital forte como o criador Satoshi Nakamoto delineou no white paper original do Bitcoin.

Leia também  Bitcoin está a US$12 dólares de atingir o maior valor desde sua criação

Guia do Bitcoin