A China não vai parar o Bitcoin: entenda por quê

Imagem: Reprodução
  • O preço do bitcoin caiu cerca de US$ 120 nos últimos dias com as notícias de que o PBOC estava reprimindo os cidadãos chineses que usam bitcoin.
  • Nós achamos que estes controles chineses não terão um efeito a longo prazo no preço do bitcoin ou na disponibilidade do bitcoin.
  • Aqui está nossa breve explicação do porquê.

O fato de que a China impôs controles de saída de capital e o fato de que as exchanges de bitcoin na China compõem números tão altos quanto 90% de todas as negociações de bitcoin, significa que o país tem um efeito profundo sobre o preço da moeda digital. Spikes e pullbacks no preço da moeda são geralmente quase sempre imediatamente atribuídos à China e estas últimas duas semanas não foram diferentes.

As exchanges viram o preço cair e o volume despencar, como resultado da oferta de uma quantidade substancial de chineses vendendo seus bitcoins. Com isso tem um monte de proprietários de bitcoin e traders tentando adivinhar se o futuro da moeda digital pode estar em risco, simplesmente porque um dos seus maiores proponentes pode continuar a ser extremamente rigoroso na forma de tratar o bitcoin.

Não achamos que este controle de capital chinês terá um efeito a longo prazo no preço do bitcoin ou afetará a disponibilidade do bitcoin no futuro. Então fizemos um breve raciocínio para explicar nosso “achismo”.

Leia também  Dash é incluida oficialmente na exchange Bitfinex e volume continua crescendo

Primeiro, não pensamos que esses controles de capital terão um efeito muito mais profundo do que já vimos no preço do bitcoin. Se você é um “Bull trader” a longo prazo em bitcoin, isto é visto simplesmente como uma oportunidade para nós, que vemos todos estes movimentos pra baixo no preço do bitcoin como possibilidades de compra. Aproveite as oportunidades.

Começamos a falar sobre isso depois do ataque hacker a Bitfinex, e a nossa inclinação para comprar a cada mergulho foi despertado quando houve um despejo de Bitcoin no mercado e a moeda caiu várias centenas de dólares que levou a um fundo duplo algumas semanas mais tarde. Com esses mergulhos do bitcoin e com a volatilidade chinesa vemos aí ótimas oportunidades de compra.

A China é definitivamente um grande mercado e exerce grande influencia na moeda, mas a crescente popularidade global do bitcoin deve ajudar a suportar o preço. Além disso, acreditamos que os investidores bitcoin em todo o mundo reconheçam que em cada queda significativa de preços é uma oportunidade e isso ajudar a colocar um suporte no preço da moeda digital.

Leia também  Crowdfunding de Blockchain: centenas de milhões de dólares e casos de sucesso

Não estamos preocupados com os controles de capital, mesmo tendo um efeito prolongado na China. O objetivo do bitcoin era usurpar os bancos centrais e ser uma entidade sem regulamentação e sem controle do governo. Isso se torna uma espada de ponta dupla para a moeda. Se o governo quer regular o bitcoin então, sem dúvida, é um sinal de credibilidade para a moeda digital e o preço provavelmente aumentará pelo fato de que os governos a aceitaram como uma forma de moeda. Se os governos em todo o mundo não reconhecerem o bitcoin como moeda, ele mantém sua finalidade pretendida, que é agir como um sistema peer-to-peer (pessoa a pessoa, sem terceiros) para transferir valores sem a regulamentação ou envolvimento do governo.

A questão é que o bitcoin foi criado especificamente para usurpar o tipo de regulamentação que a China está impondo. A questão então é se o país vai validar e regular a moeda ou se eles vão continuar a colocar controles rigorosos sobre o bitcoin, enquanto os usuários buscam encontrar outros meios para negociarem o bitcoin sem envolver o governo. Nós não sabemos os detalhes do que é preciso para comprar bitcoin na China, mas o que sabemos é que se há uma maneira de contrabandear bitcoin ou obtê-lo burlando as regras do governo chinês, as pessoas vão descobrir isso.

Leia também  Banco Nacional da Ucrânia esclarecerá status Jurídico do Bitcoin e criptomoedas

Isso nos traz de volta aos primórdios da moeda digital. Nós gostamos de sua natureza finita, e seu propósito pretendido para existir fora do domínio dos bancos centrais e regulação do governo. Isto é o que dá a moeda digital seu apelo. Embora os riscos ainda permaneçam, especialmente se o bitcoin depender da infraestrutura que está sendo implementada, sentimos que esses controles chineses de capital no bitcoin irão resolver por conta própria ou serão buscados por aqueles que querem transacionar a moeda digital independentemente.

Nossa visão sobre bitcoin permanece otimista no longo prazo, devido ao fato de que há apenas uma quantidade definida e limitada de bitcoin disponível, com isso devemos permanecer pacientes e imperturbáveis ​​pelos recentes desenvolvimentos na China.

Fonte: seekingalpha.com
Adaptação/tradução: Guia do Bitcoin

Comentários

Comentários

2 Comentários


  1. O que você estão achando desta propaganda, está cheio de ofertas. Procede isto?
    A China segunda maior Potencia Mundial Esta lançando sua própria Cryptomoeda, com o apoio do Banco Central (Governo Chinês) e também o Grupo Rothschild (Uma das Familias mais Ricas do Mundo) A Lcfcoin já nascerá com tecnologia BLOCKCHAIN 3.0
    🇨🇳🇨🇳🇨🇳🇨🇳🇨🇳🇨🇳🇨🇳
    ASSISTA Á APRESENTAÇÃO SOBRE A MOEDA
    https://youtu.be/D6DZQdnTxg4

    Responder

    1. Olá Telmo, a LCFCoin é uma fraude, não tem nada a ver com Criptomoedas. Já postamos aqui sobre ela, dá uma lida: https://goo.gl/U2ikGU
      Não existe isso de “Blockchain 3.0”, e utilizaram o nome desta família sem autorização.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *