A “baleia” japonesa que controla US$ 2.3 bilhões em Bitcoin

4s Comentários

Nobuaki Kobayashi tornou-se o que é conhecido como uma “baleia” no mundo das criptomoedas com cerca de US $ 2,3 bilhões em cripto sob seu controle. O advogado de Tóquio e o administrador da falida e agora extinta Mt.Gox. A exchange revelou nesta quarta-feira que vendeu cerca de US $ 400 milhões de Bitcoin e Bitcoin Cash desde o final de setembro.

Kobayashi tem o controle de mais de US $ 2,3 bilhões de tokens e fará a venda deles como uma forma de arrecadar dinheiro para assim pagar aos credores da MT.Gox.

Enquanto Kobayashi não forneceu detalhes sobre sua estratégia de despejar as moedas, ele disse que tentou obter:

“O melhor preço possível”.

Guia do Bitcoin

Mantenha-se informado todos os dias sobre Bitcoin!
Telegram: http://telegram.me/guiadobitcoin
Facebook: https://www.facebook.com/guiadobitcoin/
Twitter: https://twitter.com/guiadobitcoin
Feed RSS: http://guiadobitcoin.com.br/feed/

[jetpack_subscription_form title=”Bitcoins no seu e-mail” subscribe_text=”Digite o seu e-mail” subscribe_button=”Quero receber” show_subscribers_total=”1″]

Escreva um comentário

4 Comentários

porque é que ele não paga em bitcoins e bitcoin cash os valores correspondentes em dolares e eles fazem o que quiserem com as moedas? liquidam ou ficam com elas, simples assim.

Boa pergunta. Seria até mais justo para os credores. Esta quantidade despejada no mercado pode ser a causa desta ultima queda.

Eles receberiam menos do que tinham em BTC antes do grande roubo, mas poderiam distribuir proporcionalmente.

Investir é especulativo. Ao investir seu capital está em risco. Este site não se destina a uso em jurisdições em que a negociação ou os investimentos descritos são proibidos e só devem ser usados por essas pessoas e de maneiras que sejam legalmente permitidas. Seu investimento pode não se qualificar para a proteção do investidor em seu país ou estado de residência, portanto, conduza sua própria devida diligência. Este site é gratuito para você usar, mas podemos receber comissões das empresas que apresentamos neste site. Clique aqui para obter mais informações.